Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

02
Dez17

... fogo posto... intenção!!!...

sherpas

... matagal a perder de vista,

desponte, natureza que brota,

plantas rasteiras,

rarefeitas,

quadro, pintura cinzenta,

cinzas que cobrem os solos,

pedras enormes, pontuadas,

trilhas quase tapadas...

 

... rostos de pessoas que sofrem,

isoladas,

acontecimento recente,

grande mal para tanta gente,

ausência das que foram imoladas...

 

... verde esbatido,

ventania incrível,

como tudo isto foi possível,

quando passo, paro,

choro,

lamento tudo aquilo que vejo,

ruína que ainda fumega,

foi lar,

algum conchego,

no alto daquela serra...

 

... puro desleixo de quem recebeu,

floresta tão variada,

árvores seculares,

oferendas,

próprias daquela região,

raiva, vingança,

deformação,

tudo aquilo se perdeu...

... castanheiros imponentes,

carvalhos,

doces frutos,

grandes bugalhos,

madeira preciosa, mobiliário,

nogueiras, ciprestes,

arbustos como giestas,

alecrim, urze, alfazema,

rosmaninho, erva cidreira...

... oliveiras, nos olivais,

mimoseiras em grande grupo,

sobreiros e azinheiras,

muito mais, muito mais...

 

... tília que nos abriga,

folha medicinal,

sombreada, bem amiga,

plátanos imponentes,

cerejeira, madeira nobre,

tão altaneira, como forte...

 

... outras, bem diferentes,

toda uma faina apropriada,

vida de acordo, harmoniosa,

numa região bem dotada...

...vilarejos bem semeados,

população,

rotina diária,

pastorícia, resineiros,

alguns pinheiros dispersos,

hábitos, costumes ancestrais,

faziam os filhos,

fizeram os pais...

 

... triste sina, má sorte,

ganância,

interesses vários,

vales pejados de pomares,

casinhas que eram encanto,

objectivo de alguns DIABOS,

diabinhos incendiários...

 

... alvos de tanta cobiça,

surgiu o caos, surgiu a morte,

quanta,

quanta carniça...

... existência de planta intrusa,

oriunda de terra estranha,

desenvolvimento rápido,

sequiosa,

futura pasta, papel,

bom

rendimento que açula...

 

... incúria,

desleixo também,

governança que propicia,

juízo de quem não tem,

quanta voragem,

quanta gula...

 

... acabou-se o ÉDEN na TERRA,

quadros dantescos,

infernais,

foi notícia nos jornais,

nas más televisões que temos,

quantos casos,

dramas pessoais...

... num VERÃO que se prolongou,

regozijo de quem propiciou

prevalência do petróleo verde,

combustível inadequado,

que veio do outro lado,

terra estranha,

distante,

no alto daquela serra...

 

... fez muitas mortes,

qual guerra,

indignou todo um PAÍS,

num PARAÍSO que se desterra,

cinza que cobre o solo,

quadro, pintura cinzenta,

quando paro,

a olho e choro,

destruição como na guerra...

 

... crianças,

como diabinhos,

mandantes, DIABOS maiores,

ignições, foram aos montões,

propositadas, sem dó,

criminosos pelos caminhos,

inacessíveis locais,

os piores,

maldade, de pais para filhos,

crueza, raivas, milhões,

inveja, sem contemplação,

especialistas no mau fazer,

queimaram,

fizeram morrer...

...não dignos desta NAÇÃO,

poderes que se afrontam,

GOVERNANÇA sem opção,

afectuoso,

verbo de encher,

prodigaliza beijos, abraços...

 

... aos que sobrevivem,

emoção,

justiça do tanto faz,

residual, incapaz,

investigação,

investigação...

 

... dores,

estridentes, lancinantes,

ecoam por vales,

por montes, por serras,

gritos de quebrar a alma,

tochas humanas,

inauditas,

escape, sem retorno,

do fogo...

 

... tudo se poderia evitar,

conjungando o verbo amar,

aproximando o afastado,

tão longe,

mal governado...

 

... sopas depois do almoço,

solidariedade, penso rápido,

ferida funda,

exéquias tardias na tumba,

solução,

triste remorso...

 

... fora de clubite que existe,

ideologia tão díspar,

insensatez,

pura verdade,

deformação, crueza,

maldade...

... espinhos cravados no corpo,

não se louva,

depois de morto,

magistratura do tanto faz,

criminaliza-se o que persiste,

justiça cega,

eficaz...

 

... doa a quem doer,

tanto fizeram sofrer,

sorriso, brejeirice,

lamechas,

que se evite tanta burrice,

não se culpa o inocente

da morte de tanta gente...

 

... fogo posto, intenção,

investigação,

criminalização!!!... Sherpas!!!...

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D