Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

12
Abr10

Confrontos na Tailândia provocam 21 mortos

sherpas

"Exigimos ao primeiro-ministro Abhisit Vejjajiva que se demita imediatamente e abandone o país." A afirmação, proferida ontem por Nattawut Saikuar - um dos líderes da oposição tailandesa -, dá conta do estado de espírito que anima os "camisas vermelhas" após os confrontos com o exército em Banguecoque, de que resultaram 21 mortos e 825 feridos.

 in noticias.pt.msn.com

... in  http://dn.sapo.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=1541697&seccao=%C1sia

 in www1.folha.uol.com.br

A hipótese de uma solução negociada para a crise política que assola o reino da Tailândia parece, assim, afastada no imediato. Os "camisas vermelhas" - partidários do ex-chefe do Governo no exílio, Thaksin Shinawatra - recusam qualquer diálogo com o poder, insistem na antecipação de eleições e mantêm a ocupação de duas das principais áreas da capital, nomeadamente o bairro comercial e turístico de Ratchaprasong, cujos centros comerciais estão fechados há mais de uma semana.

 in relatoriobrainbox...

E enquanto a imprensa fala em "guerra civil", "banho de sangue" e ainda na "hora mais sombria" do país, o primeiro-ministro contestado recusa demitir-se.

 in voyagesphotosmanu.com

"Eu e o meu governo continuaremos a trabalhar para solucionar a situação", afirmou Abhisit, ao mesmo tempo que garantia a realização de uma "investigação independente" para determinar os responsáveis pela violência mais mortífera dos últimos 20 anos.

 in news.xinhuanet.com

Um porta-voz governamental garantia que os militares não tinham utilizado balas reais nos confrontos com os manifestantes, afirmação que é contestada por várias fontes. Os confrontos só terminaram quando o exército recuou e abandonou as ruas, deixando no terreno vários veículos incendiados. Mas, de acordo com a enviada da cadeia de televisão Al-Jazeera a Banguecoque, novos confrontos entre as duas partes são praticamente inevitáveis.

 in besttravel.pt

Jatuporn Prompan, um quadro da oposição, lançou um apelo à intervenção do velho monarca para acabar com a crise: "Alguém diga ao Rei que os seus filhos foram mortos em plena rua sem justiça." Profundamente amado pelo povo, o Rei Bhumibol, de 82 anos, encontra-se hospitalizado desde Setembro e manteve-se, até ao momento, à margem da situação. A sua intervenção foi determinante em 1992 para acabar com outro protesto anti-militar que fez também várias vítimas mortais.

 in asia-turismo.com

Os "camisas vermelhas" anunciaram, entretanto, o restabelecimento das emissões da sua televisão, Canal do Povo, que o Governo de Banguecoque tinha silenciado após a instauração do estado de emergência.

 

... com o DIABO no corpo... às vezes!!!... Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D