Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

23
Jan10

... Tarantino!!!...

sherpas

 

... fui ver um filme,

sempre gostei, desde miúdo,

desde que me afirme,

vejo a contento... quase tudo,

sinto-me repleto,

mais completo, quando encontro

o que me preenche, me enche,

me satisfaz, ecléctico,

quando me apraz, de pronto,

quando... comigo mexe,


me entretém, me dá algo de novo,

novidade, na imagem, no som, nos efeitos,

no estilo, na montagem,

perfeição, quase sem defeitos,

com directores, uns primores,

intérpretes, com nomes sonantes,

da tela, consagrados, gigantes,

máximos, entre os maiores,

actrizes, actores,

 

bons fazedores de obras completas,

bem orientados,

já experimentados,

estetas!!!...


... vi o Tarantino,

copiador de banda desenhada,

obcecado pela violência, como arte,

tela a branco e negro,

pontuada,

com alguns amarelos, vermelhos,

rosas esbatidos,

com acerto, virtuoso no seu estilo,

tão distinto,

personagens carregadas de simbolismo,


duras, feras, reais,

urbanas, plasmadas,

desenhos de histórias aos quadradinhos,

com alguma ligação,

curtas, mas percebíveis,

bem críveis,

na crueza, na sensação,

no à vontade, com que trata a imagem,

na emoção,

na voragem,

continuidade da luta pela sobrevivência,

em qualquer selva... de betão,

a branco e preto,

sem defeito!!!...


... cidade do pecado,

o local escolhido, o nome do argumento,

do filme que fui ver,

podem crer,

não sou perverso, sanguinário,

normal, apreciador do género,

da maneira de contar uma história,

usando o imaginário,

as imagens, como quadros vivos, fortes, pouco cálidas,

insensíveis, sobre-humanas,

de traços esgalhados a cinzel,

numa matéria morta, destroçada... escória,


matriz, cruz, rosário,

com pinceladas pálidas,

sem expressão, tamanhas,

desenhadas a lápis, a pincel,

tal qual banda desenhada,

quadrinhos lhes chamam os brasileiros,

obra maior, alcançada,

dos que vi, Tarantinos... dos primeiros,

conseguido o objectivo,

bem vivo,

mexeu... comigo!!!... Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D