Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

16
Nov09

... catedrais do... CONSUMO!!!...

sherpas

 

Os shopping centers não são uma inovação recente. O Grande Bazaar de Isfahan, atual Irã, que é uma estrutura em sua maior parte coberta, data do século X a.C.. Com dez quilômetros de estrutura coberta, o Grande Bazaar também possui uma antiga história. O Oxford Covered Market (Mercado Coberto de Oxford) foi aberto oficialmente na Inglaterra em 1 de novembro de 1774, e existe até os dias atuais.

 

... in http://pt.wikipedia.org/wiki/Shopping_center

 

Em 1828, foi criado o primeiro shopping center nos Estados Unidos da América, no estado de Rhode Island. O Galleria Vittorio Emanuele II, em Milão, cujo nome homenageou o então rei da Itália, foi criado na década de 1860.


A corrida para a construção do maior centro comercial do mundo tem acontecido em tempos recentes. O South China Mall, em Dongguan, a norte de Hong Kong, na China, é o maior do mundo atualmente. Foi fundado em 2005, superando o antigo recordista, o West Edmonton Mall, da cidade de Edmonton, na província de Alberta, no Canadá.


O West Edmonton Mall foi também superado pelo Golden Resources Mall, com mais de 600 mil m² e mil estabelecimentos comerciais, fundado em 2004, que é o segundo maior do mundo atualmente. O West Edmonton Mall, em Edmonton, é hoje o terceiro maior shopping center do mundo, possuindo mais de 800 estabelecimentos comerciais, ocupando uma área de 500 mil metros quadrados, e empregando mais de 23 mil pessoas.


Tais shopping centers deverão ser superados por outros atualmente em construção na China e nos Emirados Árabes Unidos, entre eles o Mall da Arabia, inaugurado em 2006 e o maior shopping center do mundo, com 929 mil m²; e o Dubai Mall, que afirma que será também o maior quando inaugurado.


No Brasil, os shoppings pioneiros foram inaugurados na década de 60: Shopping do Méier, no Rio de Janeiro e o Shopping Iguatemi, em São Paulo. Hoje, o maior centro de compras do país é o Centro Comercial Leste Aricanduva, na capital paulista. Este posto já foi ocupado pelo Shopping Center Norte, também na capital paulista, o Barra Shopping, do Rio de Janeiro, o Shopping Center Recife, de Pernambuco e o Parque D. Pedro de Campinas.


Em Portugal existem muitos centros comerciais, como o Centro Comercial Vasco da Gama e o Centro Comercial Colombo (o maior da Península Ibérica) em Lisboa, o NorteShopping no Porto, o GaiaShopping em Vila Nova de Gaia e o AlgarveShopping em Faro, no Algarve. Portugal tem ainda o maior Outlet da Europa: o Freeport Outlet Alcochete também perto de Lisboa. Em Leiria há planos de construir um mega centro comercial.

 

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

 

Seis dos dez centros comerciais com inauguração prevista para este ano não chegaram a abrir por causa da crise económica.

 {#emotions_dlg.confused}{#emotions_dlg.mad}{#emotions_dlg.smile}

... in http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1421986

 

Dos 10 centros comerciais com inauguração prevista para este ano, seis não abriram nem vão abrir portas este ano, segundo o presidente da Associação Portuguesa de Centros Comerciais, António Sampaio de Mattos.

 {#emotions_dlg.confused}{#emotions_dlg.mad}{#emotions_dlg.smile}

São eles o Dolce Vita Braga (da Chamartin Imobiliária, com 65 mil metros quadrados), Fórum Santa Maria da Feira (Multi Development, 33 mil m2), Fórum Sintra (Multi Development, 51 mil m2), Galaxy Shopping em Vila Nova da Barquinha (Galparque, 24.952 m2), Go!Shopping Paredes (Guedol Engenharia, 30.351 m2) e Lisboa Retail Center (Bouygues Imobiliária, 22.935 m2).

 

"Alguns destes projectos estão mesmo suspensos, outros ainda poderão vir a abrir, mas não este ano", afirmou, António Sampaio de Mattos à Agência Lusa. A principal razão para a paragem ou para a suspensão das obras é a crise económica, que causa "enormes prejuízos" aos promotores.

 

Embora não tenham aberto portas mais de metade dos centros comerciais projectados para este ano, o balanço da abertura destes espaços vai ser positivo no final deste ano por ter sido inaugurado recentemente o Dolce Vita Tejo, na Amadora, que tem uma área de 122 mil metros quadrados - quase o dobro do Dolce Vita Braga, com 65 mil metros quadrados.

O próximo ano, adverte o responsável, "vai ser pior. Se tudo estivesse normal, nesta altura do ano os promotores já tinham apresentado mais alguns projectos".

 {#emotions_dlg.confused}{#emotions_dlg.aveiro}{#emotions_dlg.beja}

Para 2010 estão previstos oito novos centros comerciais, mas António Sampaio de Mattos escusa-se a adiantar quantos deverão ser realmente inaugurados.

 {#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.cry}{#emotions_dlg.aveiro}

O responsável defende, no entanto, que Portugal tem capacidade para receber mais centros comerciais: "É difícil dizer que o mercado está saturado, até porque comporta sempre mais um, nem que seja à custa dos que já existem, ou dos piores que já existem. Vivemos numa economia de mercado e se aparece alguém com qualidade para se impor no mercado tem o direito de se impor e ganhar quota".

 

... fazem parte do nosso quotidiano... para o bem, para o mal!!!... Sherpas!!!...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D