Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

05
Fev09

... "patriotismos" e... desempregados!!!...

sherpas
 Os desempregados chamam-se, agora, os novos pobres. A pobreza tornou-se mediática, talvez porque surge, pela primeira vez, como politicamente ameaçadora, e os seus novos protagonistas têm mais voz, mais peso, maior evidência.
 

... a CRISE somos nós!!!...

Maria José Nogueira Pinto in... http://dn.sapo.pt/2009/02/05/opiniao/a_crise_somos_nos.html

 

 ... telhados de vidro... no BPN alaranjado!!!...

 

... in http://www.correiodamanha.pt/Noticia.aspx?channelid=00000181-0000-0000-0000-000000000181&contentid=C473DAE9-EFF7-4900-AB55-CBE1382E8E40

 

Muito antes desta crise já os indicadores apontavam para o insucesso nacional em combater a pobreza tradicional e a nova pobreza, em romper a reprodução geracional da exclusão, em capacitar as pessoas para ganhos de autonomia.

... CASO Portucale... por fim avança!!!...

 

... in http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1130708

 

Mas o que acontece agora é um fenómeno diferente, o do empobrecimento de largos estratos da classe média e média-baixa, em regra pela diminuição drástica ou perda total dos seus rendimentos do trabalho.

... as dívidas... pagam-se, não s´esquecem, nem se desleixam!!!...

 

É certo que tem a ver com o desemprego e as dificuldades acrescidas num contexto de crise económica global, mas não deixa de revelar crua e definitivamente as enormes fragilidades da sociedade portuguesa, a ineficácia das políticas públicas, os problemas estruturais da nossa economia e a fraca resiliência da classe média portuguesa.
... sem "difamação"... que s´investigue o CASO Freeport!!!...


É, afinal, um cúmulo de erros, atrasos, omissões e desleixos. Por isso não sabemos nem qual possa ser a dimensão social desta situação nem como actuar com rapidez para atenuar os seus efeitos.

... submarinos... com GRANDE "sentido" d´Estado!!!...

 

A esta hora, o Estado já devia estar a mudar os seus procedimentos, deitando contas ao rendimento mínimo e a outras prestações sociais pecuniárias de duvidosa utilidade e equidade. Mas não está. E dada a magnitude e natureza do problema, não será o terceiro sector que, só por si, lhe poderá fazer face.
... voos da... CIA!!!...


Ora é neste país e não noutro, nesta circunstância concreta que já não permite teorias nem se compadece com retórica, que o Governo tem vindo, desde há meses, a anunciar sucessivos apoios às famílias (as principais vítimas), às pequenas empresas (as primeiras a claudicar), às redes sociais (principais agentes no terreno) e nada parece acontecer.

... falências modernas... outras, mais antigas!!!...

 

... in http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contentID=C7182D66-E1CD-4D36-82CA-02D639B926E5&channelID=00000021-0000-0000-0000-000000000021

 

Do mesmo modo, as verdades absolutas do Governo, desde Portugal estar a salvo da recessão até ao mítico défice de 2,2, caíram já por terra. Os sacrifícios feitos nos últimos anos parecem não ter servido para nada.

... conivência com... GUERRAS!!!... "Medalhados"... por isso!!!...

 

Como se isto não bastasse, os portugueses acordam, cada dia, com mais uma história pouco edificante onde estão envolvidas pessoas e instituições, públicas e privadas, sem que daí decorram as necessárias consequências. A desmoralização alastra neste clima de inverdades.
... a "MODERNA" da AMOSTRA... fecha de vez!!!...


E é neste ano de 2009 que, por ironia, os portugueses são chamados a fazer escolhas entre partidos que mal se distinguem uns dos outros, quase todos forçados a um pacto de silêncio para que uma pedrada lhes não quebre as telhas de vidro da sua própria casa, mais ocupados em pequenas questões de sobrevivência do que no nosso futuro colectivo.
... telhados de vidro nas casas... nos PARTIDOS!!!...


É mais fácil pensar que o nosso problema é a crise, ou remetê-lo para o underground a que chegou o exercício da política e ver somente a ponta do icebergue, palear a dúvida e a angústia com análises simplistas, caso a caso, dia a dia.

... sobre o Zé pagante, de consciência tranquila, lá vão... os que se dizem com vocação (de PODER) como é tradição!!!...

 

Mas muito do que nos está a acontecer é mais fundo e antigo, tem a ver com as causas e não tanto com os efeitos, com o desmoronar de uma ética colectiva, com a debilidade das instituições, com a falta de nervo da cidadania, com o espírito trapalhão com que nos gerimos. E a constatação de que os instrumentos políticos em uso estão esgotados, que precisamos de boas leis eleitorais, de um Parlamento com outra organização, de um modelo inequívoco de financiamento dos partidos, de um estatuto de maioridade para a oposição, de uma Constituição adaptada à realidade em vez de um articulado panfletário e, quem sabe, de um sistema presidencialista.
... com a corda... na garganta, por dinheiros, por suicídio, por guerras!!!...


Em 2009 nada disto é possível e estaremos condenados a votar em males menores. Mas os resultados eleitorais e as consequências da crise, lá para o final do ano, quem sabe, despertarão na generalidade dos cidadãos um legítimo direito à revolta que ponha fim a esta espécie de usura. Um novo ciclo, porque este já está morto.

 ... "patriota" da Forbes, com... "comenda" e tudo!!!...

 

... falta de TUDO... na sociedade que destruímos, com graves prejuízos dos que sofrem consequências drásticas, aflitivas!!!... Os políticos... continuam na mesma "senda" e RECOMENDAM-SE, nesta EUROPA, neste PAÍS que se contradiz!!!... Só cá... à portuguesa???... Por lá... também, nos States é evidente!!!... Sherpas!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D