Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

22
Nov08

... estamos a pagar... por isto!!!...

sherpas

 

UMA EXPLICAÇÃO CURIOSA


João Marcelino
Director

1Dias Loureiro, na entrevista a Judite de Sousa (já que o PS não o quer no Parlamento), disse coisas pouco habituais num homem experiente, ex-ministro, gestor de sucesso. Sobretudo, repetiu "não sei", "não sabia", "acreditei", "era o que me diziam", "não achava nada". Esclareceu ainda que no BPN "não havia reuniões" (supõe-se que da Administração do banco) e que Oliveira e Costa "falava (despachava?) individualmente" com cada colaborador.
... CALIMERO???...
 
O mais que a sua atenção conseguiu foi "ouvir vozes", um "bruáaa", detectar "ali um certo mal-estar", o que até o levou em Abril de 2001 a referir isso mesmo a um elemento do Banco de Portugal. Só depois (em 2002) conseguiu arranjar forças para declarar a Oliveira e Costa que "não gostava do modelo de gestão".
... Judite de Sousa!!!...
E depois disto tudo, quando bateu finalmente com a porta, o presidente, "homem brilhante", ainda lhe retribuiu com um indelicado "você não sabe de contabilidade" quando ele não viu reflectido nas contas, que no entanto assinou, os 71 milhões que se tinham evaporado com um negócio em Porto Rico. Foi pura sorte, então, que a actual crise no BPN não lhe tenha apanhado um cêntimo do milhão de contos que lá chegou a ter.
... o "amigo"... Cavaco Silva!!!...

Só houve uma deselegância: chamar para ali a amizade de 30 anos com Cavaco Silva. Mais um pouco e também invocava a apresentação que fez do livro de José Sócrates - o que, isso sim, já seria demais.

2 Por uma vez, Francisco Louçã promove o consenso: seria um escândalo que um banco gestor de fortunas fosse auxiliado por dinheiros públicos.
... Rendeiro... líder do BANCO dos RICOS, dizem!!!...

Um banco com as características do Banco Privado Português (BPP) é uma empresa destinada a gerir riscos de alto nível. Quem lá vai, com os seus muitos milhões, corre atrás de expectativas de remunerações elevadas, de um milagre de multiplicação de pães que na banca comercial normal não se pratica.
... ainda há quem julgue que, como salário mínimo... é "
demasiado"!!!...

Não se vai ao BPP com o mesmo espírito com que se abre uma conta na CGD, no BCP, no BES ou no BPI.
... com isto, há muitíssimos portugueses que... vegetam!!!...

O BPP recebia dinheiro para arriscar e retribuir de forma superior. Se agora precisa de 750 milhões de euros, isso é inquietante como salienta Fernando Ulrich, e o Governo só pode olhar o assunto como a Administração norte- -americana olhou para as dificuldades da Lehman Brothers.
... depois de almoçarada farta, no seio dos "avultados"... mera gorjeta que se deixa, simplesmente, mente, mente!!!...

E, portanto, ou o BPP consegue abrigar-se debaixo da protecção de uma instituição existente, e passa aí a departamento de investimento de risco, ou deve desenrascar-se sozinho, porventura captando ainda algumas fortunas disponíveis. Haverá alguém que queira dar uma ajuda?
... "Manela"... das gaffes!!!...

3 Manuela Ferreira Leite cometeu uma gaffe brutal, Maria de Lurdes Rodrigues tenta emendar um erro de cálculo que cometeu ao serviço de uma ideia justa e necessária, mas são duas mulheres por estes dias muito fragilizadas, talvez a prazo. Ambas podem não chegar às próximas eleições - e se estivéssemos em Inglaterra já haveria casas de apostas a tentar ganhar dinheiro à custa da desgraça do PSD e da guerra aberta nas nossas escolas. Qual delas irá cair primeiro?
... Carlos Queiroz e... a SELECÇÃO!!!...

A selecção nacional de futebol desapareceu depois das celebradas vitórias sobre o grupo excursionista das ilhas Féroe e dos curiosos de Malta. A culpa, diz-se por aí, já é também dos jogadores e não só do secretário técnico, do corpo clínico, de um ou outro dirigente da FPF e dos jornalistas independentes. A factura final, e isto já digo eu, pode custar entre cinco e sete milhões de euros à FPF em indemnização ao treinador daqui a alguns meses. E este é o prejuízo mais pequeno...|
 ... Lurdes Rodrigues... na "mira" dos SINDICATOS, da OPOSIÇÃO também!!!...
... tal e qual!!!...
 
 
... demasiado... para quem sofre de doenças graves, idade avançada, "dores" profundas na carteira, clubite exagerada!!!... Só nos resta "we can" como lema, como bandeira, como esperança que não morre, luzinha que se projecta, mais uma vez, fora do túnel... às claras porque é urgente que a justiça actue com celeridade e eficácia, se feche a "torneira" dos disparates $$$$$ em prol d´alguns, somente, mente, mente, mente!!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...
... à portuguesa!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D