Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

22
Mai08

... lamentos meus pela China, por Myanmar... também!!!...

sherpas

 

 

 

 

… cristal que se torna opaco, quando cerro os olhos,

 choro,

 me separa do que vejo,

quase parede, inexistente, transparência

que permite abarcar cena dantesca,

excrescência,

alma que sofre, acontece partilha da dor,

solta que está terrível besta,

tão longe, tão perto, imperceptível afago que antevejo,

envio mensagem surda que me preenche,

tanto para dizer,

sentimento que tolhe pensamento,

acabrunhado,

recolho-me ao silêncio que envolve penumbra onde me encontro,

ave agoirenta que passa,

faz desgraça que se intensifica,

garras demoníacas que rasgam carnes, esmagam quem for,

 

gritos que não soam,

solto queixumes por quem vejo sofrer,

retorço mãos, cravo unhas dos dedos ferindo,

sem gemer,

revoltas me assolam, ecoam,

recessos bem fundos, coração destroçado,

sinto  imenso entorno que se desmorona,

pesadelo de quem não dorme, de quem já não sonha,

 

deslocado no tempo, olhos abertos, acordado,

mágoas com que fico olhando através do cristal,

parede que não existe, impede audição, visão que se sente,

aparente acalmia, em borbotão,

sucessão de péssima situação,

lugar que foi inferno, desterro, cemitério,

fraca gente,

corpos que arrastam trapos sujos, ultrajados,

sem culpas nem pecados,

fúrias desatadas, loucuras da natureza que não perdoa,

zumbe o vento na atmosfera cinzenta, densa,

abatem-se águas, correntes como rios descontrolados,

 

grito lamentos, berros, descontentamentos,

fazendo, inquieto, registos de quem entoa,

Deuses que descarregam cúmulos que lhes deram,

sobejos que devolvem com juros,

com aumentos,

vida escura de quem cala inocência que não sente,

vítimas empurradas, vistas que me reduzem,

entristecem,

conduzem,

desgraças que se abatem… num repente!!!... Sherpas!!!...

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D