Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

31
Mar17

... descalçar... as BOTAS!!!...

sherpas

... desde sempre

s´usaram

botas de cano alto,

pessoal não apeado,

oficias bem montados,

cavaleiros endinheirados,

de montaria,

 

protecção de pernas,

como agora,

calças,

fantasia,

tomando, como desporto,

sua inclinação,

fardamenta a condizer,

parada, gala,

na hora,

recepção,

 

 

grande gosto,

um ter de ser,

sacrifício,

com os cavalos,

obra-prima estilizada

equitação,

obstáculos,

luta encarniçada,

vencedor,

seu pendor,

 

difícil apetrecho,

complemento,

na entrada, na saída,

calçar, descalçar,

um feito,

 

 

trabalheira incomensurável,

respiração d´alívio,

quando se conseguia,

 

lustrosa,

um desafio,

tão elegante,

peça nova,

admirável,

mais custosa,

no descalçar,

 

tanto nos homens,

como nas mulheres,

determinada ocasião,

desporto,

celebração,

 

estação d´invernia,

mais conchego,

apontamento,

galgando dificuldade,

cremalheira,

abotoadura,

longo cordão entrelaçado,

tão cruzado,

tão cruzado,

 

 

quanto,

custoso cuidado,

 

botas com polainas,

adaptações,

mais fáceis de manejar,

tão lustrosas,

elegantes,

 

não trabalhosas,

dando-lhe ar,

cano longo,

bota ao alto,

moda, quão formosas,

 

apetecíveis no feminino,

desfilando,

de montaria,

militar,

cavalgando,

dia de desfile, honraria,

 

 

de desporto,

com muito gosto,

saltando obstáculos,

correndo,

no hipódromo,

desabridos ao vento,

acontecimento,

 

não há bela sem... senão,

ínfima excepção,

quando se gosta,

se coloca, se posta,

 

bota ou... não bota,

enfoca,

faz pensar,

descalçar a dita,

suor, lágrima,

 

comparando,

desfilando,

cavalgando,

 

deslizando

em passarelle,

 

 

quase aforismo,

máxima,

quando se compara situação,

dificuldade que se vence,

entre objecto de cano alto,

qualquer recesso,

mau bocado,

na hora do conseguimento,

amplo sucesso,

 

claro,

logo após tanto trabalho,

calçar, descalçar a bota,

cambalhota,

reviravolta,

 

usança, no dizer,

hoje... a muito custo,

já descalcei um bom par de botas,

das tais,

quando no lombo dos animais,

 

cerimónia com salamaleques,

recebimento d´empertigados,

bem fardados,

 

em parada,

 

 

embelezamento,

finura,

naquela doce criatura,

que tudo atura,

sacrifica,

quando bem lhe fica,

 

elegantérrima,

noutro espaço,

noutra esfera,

sonhos voluptuosos,

beleza efémera,

pézinhos formosos,

sacrifício maior,

mal menor!!!... Sherpas!!!...

 

 

 

16
Mar17

... pérolas!!!...

sherpas

... já fui gafanhoto saltitante,

ágil, pequenino, mui curioso,

na individualidade que tanto prezo,

dando pulo estonteante,

poisando em espaço formoso,

língua diferente, gentes boas,

entoando preceitos,

sem loas,

 

vida convidativa,

hospitaleira,

tão pertinho, à minha beira,

nunca fui parte de multidão,

enraivecida,

escuridão,

 

 

nem em tempos bíblicos,

quando praga que tudo devora,

castigo d´OMNIPOTENTE,

martirizando tanta gente,

reduzindo alimentação,

por protecção,

libertação,

 

em TEMPUS d´ABRAÃO,

povo escolhido,

quão idílico,

quando ora, quando lembra,

em busca de recanto prometido,

 

não,

nunca fui maldição,

 

embora gafanhoto ágil,

capaz,

protegendo individualidade,

mesmo que, em recordação,

disso,

nunca seria rapace,

comendo o que,

a outros pertence,

numa atitude, num tanto faz,

incapaz,

 

 

... fui formiguinha pequenina,

cirandando em casca de noz,

em objectos tão diversos,

mobilidade,

quando não, a pé,

em busca de maravilha,

por uma questão de fé,

 

indo por terra,

indo por mar,

povoados d´encantar,

belezas de perder a voz,

tanto aqui, como ali,

disseminadas,

quase milagre,

tanto espanto eu senti,

 

quando visitei,

quando vi,

ilhas que conheci,

tão pertinho

ou distantes,

autênticas pérolas

fascinantes,

 

 

distribuídas,

por um acaso,

relicário, lá no OLIMPO,

DEUSA descuidada,

acidente,

como acontece a tanta gente,

 

mais vulgar,

comezinha,

saídas d´arca mágica,

enorme,

quando encontrão repentino,

num advir,

as fez cair,

por aí,

 

rolando por montes, vales,

desertos incomensuráveis,

saltitantes,

como gafanhotos,

paragens, sítios ignotos,

charcos diversos,

profundíssimos,

buscando locais,

seus destinos,

 

 

logo se posicionaram

em várias partes do GLOBO,

ponto escolhido, sítio morno,

águas transparentes,

plácidas ou ruidosas,

consoante ventos, marés,

moldura que as enfeitam,

oceanos a seus pés,

 

como tumbas

inqualificáveis,

dois irmãos, bem ligados,

cordão umbilical,

imensidão, mais normal,

tantos jardins prostrados,

preciosidades q´eu adoro,

sonhos que fazem sonhar,

PARAÍSOS d´encantar,

tanta água, tanto MAR,

 

 

esmeralda, rubi, diamante,

pérola radiante, luxuriosa,

quanto t´ocorre, viandante,

perante tais belezuras,

carreirinhos sinuosos,

lá no OLIMPO, nas alturas,

grato pelas dádivas,

descuido,

relicário secreto, fortuito,

DEUSA tão prendada que foste,

alguma coisa nos trouxe,

pessoas, tão ávidas,

formigueiro, doce remanso,

meu poiso,

quando descanso,

 

vereda talhada a preceito,

casario,

vista formosa,

precipício que nos surge,

arriba q´acaba num ápice,

sem surpresa,

nada fácil,

 

 

sinto-me formiguinha afanosa,

espaço escasso,

tanto jeito,

aproveitamento do que nos dá,

NATUREZA fértil,

maná,

SOL que nos brinda,

aquece,

arrepio de quem estremece,

quando venta,

quando arrefece,

fúria, zanga, por vezes,

oh DEUSES... oh DEUSES,

 

 

sinto-me libelinha,

quando pousada numa flor,

numa folha de nenúfar,

num lago de águas paradas,

d´espantar,

imensa flor, lindas pétalas,

d´encantar,

cores apetitosas, como elas,

tão leve, maravilhado,

como ela,

nesta ilha, naquela ilha...

 

... sinto-me uma libelinha!!!... Sherpas!!!... 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D