Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

19
Mar08

... de Marte... com amor!!!... Pobre América... triste de ti!!!...

sherpas
Bush: EUA têm tido «sucesso inegável» no Iraque
O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, afirmou hoje que os Estados Unidos têm obtido um «sucesso inegável» no Iraque e que a presença das tropas norte-americanas contribuiu para produzir «a primeira insurreição árabe em larga escala contra Osama bin Laden».

O presidente norte-americano falava num discurso na sede do Pentágono, para marcar os cinco anos do conflito no Iraque.

«Para os terroristas, o Iraque era para ser um lugar onde a Al-Qaeda incitaria as massas a expulsar os Estados Unidos», disse Bush.

«Em vez disso, o Iraque tornou-se o lugar onde os árabes se aliaram aos norte-americanos para expulsar a Al-Qaeda», acrescentou.

O presidente norte-americano disse que o desafio que os Estados Unidos enfrentam daqui para a frente é o de «consolidar os êxitos obtidos e selar a derrota dos extremistas».

Bush salientou que a táctica norte-americana de aumentar o número de soldados no Iraque em 30 mil homens desde Janeiro deste ano contribuiu para o «sucesso inegável» da estratégia dos Estados Unidos no país.

«Mas ainda assim, alguns em Washington ainda continuam a pedir uma retirada», acrescentou, numa alusão velada aos pré-candidatos democratas, Hillary Clinton e Barack Obama, que defendem a retirada norte-americana do Iraque.

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, John McCain, apoia a visão de Bush de que o aumento do número de soldados tem proporcionado aos Estados Unidos um êxito no Iraque.

«Nós aprendemos, através da experiência, o que acontece quando nos retiramos rapidamente demais, os terroristas e os extremistas entram, preenchem o vácuo, estabelecem esconderijos e utilizam-nos para disseminar o caos e a carnificina», afirmou o presidente norte-americano.

Cerca de 3,9 mil militares norte-americanos já morreram no conflito no Golfo.

O economista Joseph Stiglitz, vencedor do Prémio Nobel de Economia, estima que a guerra já custou pelo menos 3 biliões de dólares

... in DD!!!...

... tal e qual!!!...

... maneiras de ver a questão... com perversão!!!... Quando será julgado por crimes de guerra???... Os parceiros, também!!!... Sherpas!!!...

 

 

18
Mar08

... à conversa com... um amigo do Alentejo!!!...

sherpas

 

... ontem, por falta de pachorra... oh _____________, atalhei com um dito meu, fazendo graça ou tentando, rematando logo a seguir!!!... Mais desperto, não repetindo e admitindo o que escreves como razões que te norteiam, sem inclinação despropositada e tentando ver mais claro o que alguns fazem à socapa, disfarçados e misturados... vou-me alongar um pouco mais, como hábito, maneira de estar, de pensaraté como “macaco velho e desconfiado,” não fora eu como sou!!!... No espectro político actual, temos de admitir pelos factos que estão bem patentes... tanto cá, como lá fora, há duas hipóteses de governação, as tão famigeradas famílias, social democratas e populares, com alguns débeis apêndices, mais à esquerda, mais à direita, q´inclinam p´ráqui ou p´ráli, fazendo barulho e chinfrinadas tremendas porque quando se é pequeno assim procedemos, berramos e gesticulamos usando o que temos mais à mão, neste caso do PCP, o Nogueira e o sindicato da FENPROF!!!... Até aqui, tudo normal e corrente... o pior foi, continua sendo quando há um desnorte que se diz unido, não em polvorosa, que desde o Cavaquistão, do respeitável defunto, muito antes e logo a seguir à revolução dos Cravos, se adonou do que julga que lhe pertence, se sente incómodo no que nunca foi capaz de fazer, não tem cultura democrática, não sabe fazer oposição construtiva, mostrar dignidade e acumular credibilidade política, hábil no desfazer e nas comezainas das carnes assadas e dos tintos com fartura, demagógico e populista na pessoa dum artista que não convence, que se tenta demarcar dum passado inglório, pejado de escândalos ligados à grana, com muita manha e mentira juntas, aproveitador do que é público, deslumbrados com os que o compõem, luxangas e passeatas, "bling bling" nos pulsos e gajas boas, melhores do que o simples mortal, lá nas alturas, acomodados, mesmo quando postos de lado, ligados a quem governa porque do GOVERNO se governam, não sabem fazer outra COISA!!!...


http://dn.sapo.pt/2008/03/18/nacional/menezes_falta_reunioes_familia_polit.html


... disfarçados... ainda assim!!!...


... em Espanha deram-lhes com os pés, na França do Président passou-se o mesmo, a referência bélica mostrou-se ao MUNDO como é, peçonha e vergonha, crise gravíssima que afecta esta bolinha onde não somos nada, dependentes do IMPÉRIO, tramóias financeiras que viraram asneiras e disparates continuados!!!...


... por cá, os que ainda se convencem que podem alguma coisa... desvalorizam e peroram palermices de todo o tamanho


http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=929208&div_id=291


... enquanto outros... se vão situando, como o advogado Proença, amostra de muitos, bastantes, quase todos que estão e querem continuar estando forrados e bastos!!!...


... os que não têm hipótese de ascender à governança porque se mantém com o eleitorado de sempre, mais ou menos pontinho, somente... como pequeninos que são, berram e gritam, agitam e fazem escarcéu!!!... O direitinho extremado das feiras e da lavoura fala do que não devia porque violência, violência a sério, quanto a guerras, quanto a prisões, insensibilidade humana


http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=929202&div_id=291


... sempre foram hábeis e... medalhados!!!...


... com algum receio do que acumularam a duras penas, negociatas e tretas de gabarito, imobiliários de estrondo, maquinetas de topo, defesa do que lhes pertence, adoradores duma “opus” esquisita, não bendita!!!...


... os PCP, quando se aperceberam da utilização a que estavam sujeitos... refrearam impulsos e vão começar a fazer o que se impõe, neste caso das avaliações dos docentes e dos sindicatos, fazendo política com políticos, no centro de todas as políticas, palco maior de qualquer representação, às claras e mostrando o que sabem ou não


http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=323822


... fugindo a aproveitamentos e disfarces de quem... não sabe o que é, só quer!!!...


... porque a direita ainda não aprendeu a ser oposição, merece dois ou três mandatos fora do POLEIRO, pois então!!!... Provável que aconteça... depois de tanta falcatrua com processos e inquéritos a perder de vista!!!...


... mais te diria, porque desconfiado... oh ____________ e, com algum calo, sem ser militante, nem extravagante, nem politólogo, nem politiqueiro, nem visionário, nem pago para dizer aquilo que seja, vontade de ver algo de bom e proveitoso no País que se contradiz!!!...


... já agora e reservando-me um pouco, deixo-te aqui o http://jumento.blogspot.com/


... com o que não me comprometo, mas admito!!!...


“Começo a perceber o incómodo que as últimas manifestações espontâneas provocaram no PCP, por aquilo que li no Flaviense parece que é o PSD de Menezes que está a aproveitar a deixa e começou a fazer esperas aos governantes. A estratégia até é inteligente, se o PS cair é o PSD que forma governo e os militantes de Menezes perceberam que as esperas organizadas pelo PCP eram tratadas pela comunicação social como manifestações populares.


Só que há uim pequeno problema, localmente todas as pessoas se conhecem e o blogue de Chaves identificou os espontâneos que chamaram fascista a Augusto Santos Silva não eram mais do que docentes e falsos docentes do PSD:


«Analisando as imagens da reportagem da “RTP” pode-se constatar que a maioria dos manifestantes nem sequer eram “professores”. Estava composta por conhecidos simpatizantes do “PSD”, seus familiares e crianças. Não reconheço, sequer, nenhum dos ditos manifestantes como Flaviense.»


Muito mal está este país quando os partidos da oposição fazem da cobardia estratégia política e há professores se deixam arregimentar por qualquer pequenos Goebels saloio.


É preciso dizer com clareza, sejam profissionais desta ou daquela arte, sejam dirigentes locais deste ou daquele partido, estes senhores são aquilo que chamaram ao ministro, são fascistas que estão a recorrer a técnicas fascistas para imporem as suas opiniões ao país e a um governo legítimo.


Lamentavelmente os nossos jornalistas comportam-se como idiotas, vão às cerimónias governamentais ver se os putos foram contratados, mas tratam estas manifestações fascistas como manifestações populares.


Percebe-se a demarcação repentina do PCP, a sua estratégia foi aproveitada pelo PSD”.



... e, como já vai longo... quedo por aqui!!!... Ontem, não tinha “pachorra” meu caro!!!... Abraço do Sherpas!!!...

 

 




17
Mar08

... era assim... o Portugal dos Pequeninos!!!...

sherpas

Fundos europeus em causa própria

Paulo Pereira Coelho


Nelson Morais


O dirigente do PSD Paulo Pereira Coelho foi responsável, na condição de presidente da Associação para o Desenvolvimento Turístico da Região Centro (ADTREC), a 4 de Maio de 2004, pela adjudicação de um contrato de mais de 700 mil euros a uma empresa a que ficaria ligado, cerca de um ano depois. A ligação, assumida na declaração de interesses do deputado apresentada no início de 2005, foi formalizada por via de um contrato de consultoria com a holding presidida pelo amigo, sócio e antigo deputado do PS António Calvete, que controla a empresa adjudicatária.


À data da adjudicação, Pereira Coelho acumulava os cargos de presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro e de gestor do Programa Operacional do Centro e, nesta dupla condição, viabilizou o financiamento da mesma empresa e do seu contrato com 528 mil euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).


A sociedade em causa é a Criartimagem - Design e Publicidade, Lda, cuja maioria do capital é detida pela holding GPS, de António Calvete, e o negócio foi feito no âmbito do programa Lusitanea, iniciativa da ADTREC que visava promover o Centro como destino turístico, no Euro 2004.


A concretização do Lusitanea foi marcada por polémicas várias e, em 2006, alvo de uma auditoria que levou a CCDRC a exigir à ADTREC a devolução de 1,6 milhões de euros de FEDER que pagou a empresas - valor correspondente à comparticipação de 75% de contratos superiores a 200 mil euros, que a associação adjudicou sem concursos públicos, em violação de regras nacionais e comunitárias.


Do lote de empresas beneficiadas por adjudicação directa ou processos de consulta prévia irregulares, a que firmou o contrato mais alto e recebeu mais fundos comunitários foi a Criartimagem.


Quando, em Maio de 2004, foi adjudicada a esta empresa a produção de meios de decoração urbana em cidades do Centro, o empresário António Calvete e a holding, presidida por si, GPS - Gestão de Participações Sociais, SGPS, SA não tinham ligação formal à Criartimagem. Mas, a 9 de Setembro de 2004, ainda só parte das comparticipações do FEDER havia sido entregue às adjudicatárias, Calvete e o GPS registaram a compra de várias quotas da empresa e ficaram com 80% do seu capital.


A 20 de Fevereiro de 2005, Pereira Coelho foi eleito deputado, apresentando uma declaração de interesses em que assumiu já ser consultor da SGPS de Calvete.


As ligações entre Calvete e Pereira Coelho são anteriores ao Euro 2004. Quando a ADTREC adjudicou o contrato à Criartimagem, os dois partilhavam, desde há anos, o capital e a gerência, pelo menos, do Instituto Educativo do Ribatejo e da Escola Técnico Profissional do Ribatejo.


Após breves passagens pelos Governos de Durão Barroso e Santana Lopes como secretário de Estado da Administração Local e da Administração Interna e dois dias depois de ser eleito deputado, Pereira Coelho também vendeu a Calvete a sua quota do Instituto do Ribatejo e renunciou à respectiva gerência, que partilhava com os outros dois fundadores da escola - o mesmo Calvete e Agostinho dos Santos Ribeiro. Este, no mesmo dia 22 de Fevereiro, cedeu a sua quota ao GPS, o que acabou por deixar nas mãos do grupo e do seu presidente a totalidade do capital do Instituto Educativo do Ribatejo - a escola com piores notas nos exames nacionais de 2003.


Além de controlar a Criartimagem e empresas de sectores diversos, o grupo GPS é dono de imensas escolas da Zona Centro. O JN só pesquisou a fundo três, mas foi suficiente para perceber que Pereira Coelho e Calvete são, como afirmou um empresário próximo do segundo, "unha e carne".


Contactado pelo JN, Calvete disse que, aquando da execução do Lusitanea, "a GPS já tinha a Criartimagem". Não foi possível ouvir Pereira Coelho, apesar das tentativas efectuadas.

... in JN!!!...

 

... há quem pretenda disto... outra vez, promiscuidades e corrupções, dinheiros de muitos milhares e milhões, com compadres e amigos, influências mil, roubos continuados e com consciência tranquila!!!... Poxa!!!... Sherpas!!!...

 

16
Mar08

... aproveitamentos... duma classe, a docente!!!...

sherpas

... quando estava no activo, mana ___________... era tudo muito mais simples, ganhava mal e trabalhava muito porque gostava do que fazia, éramos agregados ou efectivos, tentaram formar-nos continuamente a partir de dado momento, avaliado, todos os dias por alunos, por pais, pela sociedade em geral, havia um número exagerado de sindicatos e representantes dos mesmos, uma barbaridade de colegas nossos que pouco ou nada faziam, como noutros lugares de lazer, alguma racionalidade agora!!!... Não cheguei a licenciado por falta de tempo no activo, quase aposentado!!!... As ditas licenciaturas, só quem assistia e comentava, julgando... as avaliava, presenciais e pouco mais!!!... Com o tempo aumentaram vencimentos, deram-me uma reforma capaz e, tal como a vós... tiraram-me muitos direitos que compreendo e aceito, dado o contexto económico, mais um sacrifício meu, entre tantos!!!...

... aplaudo a vossa luta, não entendo a mistura dos que pugnam (... os PPPPP,s da direita!!!...) pelo privado, do mesmo lado do mestre (PCP) da agitação, mobilizador por excelência, mandante da FENPROF, dando-lhe valor e compreendendo, sempre assim foram, continuam sendo, agora mais barulhentos e ferozes, impositores até!!!... Tornou-se luta política, do bota abaixo constante... não lhes interessa o diálogo, antes a confusão e o abandalhamento total!!!... Se é isso que querem... continuem, vão em frente!!!... Tenho pena por docentes... pela Ministra, também!!!... Parece que ainda não vai ser desta... espero que me engane e se resolva, antes que se dissolva o que já não vai existindo, credibilidade que se apaga de quem não quer ser avaliada mediante pretextos... avulsos!!!...

... só com trabalho e vontade... se consegue algo de proveito, afirmo simplistamente!!!... Abraço do Sherpas!!!...


16
Mar08

... nem com a... Bruni, oh Sarko???...

sherpas
França/eleições: novo revés da direita na 2º volta das municipais - previsões
16 de Março de 2008, 19:43

Paris, 16 Mar (Lusa) - A direita francesa sofreu hoje um novo revés na segunda volta das eleições municipais perdendo para o partido socialista algumas cidades, indicam as previsões divulgadas após o encerramento das urnas.

Segundo os institutos de sondagem TNS-Sofres e Ipsos-Dell, a oposição de esquerda conseguiu conquistar à UMP (direita no poder) Caen, Reims e Amiens.

Ainda não há previsões sobre os resultados em cidades como Marselha, Estrasburgo e Toulouse.

A perda destas cidades confirmaria a derrota da UMP a nível nacional.

Esta segunda volta das eleições municipais foi marcada por uma forte abstenção, que rondará os 35 por cento.

EO.

Lusa/fim

... a direita dos liberais radicais... não dá, mais que visto!!!... O eleitorado não gosta de... artistas apalhaçados!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...

 

16
Mar08

... descrenças e... crenças, ao desbarato!!!...

sherpas
Se o destino de um homem não lhe é imposto por tábuas da lei divina, também não é pedra lisa que ele talhe a golpes de vontade. De resto, uma e outra concepções, de tanto simplificarem as coisas, de tanto sonegarem o vário, o complexo e o misterioso, acabam roubando à palavra qualquer sentido ou préstimo. Muitos nascem a poder chegar à glória, mas ninguém lhe está predestinado. Daí que os poucos casos que todos conhecemos apenas sobressaiam de entre a multidão dos que não conseguiram lá chegar. Muitas vezes até para se estatelarem no ridículo ou na infâmia. George W. Bush ilustra isto muito bem. Sarkozy, se não aprender com o impacte no real destes seus primeiros ímpetos, arrisca o mesmo. E à nossa ínfima e doméstica escala, Luís Filipe Menezes é cria da mesma ninhada. Mas, ao menos e já que está na oposição, podia talvez sentar-se, pausar a respiração e consultar serenamente um calendário. Tomando posição por si mesmo contra o aguilhão da ansiedade, a errância dos instintos, o sono da inteligência e a pressão dos humores.

Talvez esse exercício de serenidade devesse começar por ter em conta que o seu acesso à liderança lhe foi dado pelos votos. Ele não é uma potência ocupante, nem tem de instalar o poder resultante de um golpe de Estado. Não tem de substituir à pressa a sua herança por uma nova doutrina global, novas caras, novos símbolos e cores. Não tem de mudar as regras eleitorais, reintroduzindo a cacicagem e o império do aparelho. O que para ele está em causa é "aguentar" um ano e meio, e não fundar um "Reich" para mil anos. A doutrina não se improvisa; as caras novas, que ainda nada provaram, quererão logo escorraçar as antigas; e os símbolos transportam cargas afectivas que um desenhador de logótipos, por modernaço que seja, não tem como conhecer. Mas se nenhuma destas pressas tem sentido, pior ainda é a de fechar o partido num cofre-forte e amarrá-lo à cintura do seu destino pessoal. Manipular as regras que lhe permitiram chegar ao topo para bloquear a mesma oportunidade aos outros é pior ideia do que urinar contra o vento. Porque não é nas regras internas que o seu destino final se vai jogar e porque barrar o caminho ao destino presumido de alguns outros contende com as aspirações de muitos mais. (Além, é claro, de ser batota, mas eu não queria complicar o problema saindo do registo amoral que o fez nascer).

A ideia de um pacto de sangue com as bases e contra os barões também não promete trazer- -lhe muitas alegrias, sobretudo quando ele próprio se priva do instrumento que é o desafio para "directas". Se os barões são essa gente tenebrosa que só quer uma vida regalada e não frequenta a happy hour das bases, então o que mais os põe em respeito é o risco de ter de assumir as suas críticas na expressão última do confronto eleitoral. Poucos o fazem, como Menezes aprendeu com Marques Mendes. Por isso, se foi um erro ameaçar fazê-las a eito, outro, bem pior, é fechar-se no torreão e declarar, sem condições ou nuances, recusá-las. Isto é entregar as muralhas a um sitiante sem pressa. Porque, fora das conjunturas eleitorais (internas ou externas), os barões fazem o rosto do partido no quotidiano do país que avança. E têm vida e mundo para criar os piores embaraços aos desasados pretorianos da direcção partidária. A leviana grosseria com que Capucho foi tratado levou a mais humilhante resposta: é pelas regras basistas de Menezes que ele se fez Cascais na resistência. O disparatado episódio do chamamento de Rui Rio ao Conselho de Jurisdição (com Menezes, Ribau e o próprio presidente do órgão a anteciparem uma "sanção ética") parece culminar agora com a olímpica recusa do visado em se sujeitar a tão insólita liturgia.

Tudo isto comprova o pior da cosmogonia suburbana em que assentam a cultura e a vocação política de Menezes: o império da táctica sobre a estratégia, da manchete sobre o ciclo político, da cor da gravata sobre o enunciado de medidas (ou, no futebolês de que ele gosta, o primado da finta sobre o remate). Nas suas mãos, o poder esboroa-se. Quer um estatuto como um fim pessoal e não como um instrumento para a realização de objectivos políticos. Chamem-lhe tudo, mas ambicioso não.
... in DN!!!...
... tal e qual, de Nuno Brederode Santos... com as suas descrenças!!!...
... dá para ler, as crenças dum elemento que joga em dois campos tão distintos e adversos, COISAS que já não colam... políticas e futebol!!!... Também acredita nas vitórias do Benfica!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...
14
Mar08

... rosa amarela... quiçá???...

sherpas
 




... um acrescento... oh ______________, como gosto e quando me ocorre, pelas amêndoas e compreendendo o esforço dum partido que é socialista, assim o entendo, por vezes!!!...


... pela situação péssima que recebeu do sucessor do que fugiu... quanto a défice exagerado, crescimento ao invés, exportações congeladas, tal como progressões na carreira, vencimentos curtos e muitíssimas indecisões, desempregos bastos, segurança social quase falida, malabarismos extraordinários, movimentação de dinheiros por tantos e tantos lados, desacreditação duma direita que se desfaz “aos poucos” surgiu Sócrates como um Sebastião em manhã de nevoeiro, maioria absoluta e com ela fez o que outros não tiveram coragem ou decisão de fazer, conseguiu tudo isso que m´apresentas, governando com políticas doutros, afugentando bastantes, mais que muitos, pelos vistos!!!...


... a direita não os recebe... a esquerda do PS vai crescendo um pedacinho, inquietação que se sente, também o vejo quando leio o que escrevem, quando oiço e vejo a humildade do ministro primeiro na entrevista da SIC, dizendo que também é gente, generoso e com coração!!!...


... conquistou as graças do clã endireitado, sujeita-se a perder eleitorado de esquerda... por mim falo, embora expectante como sempre, por outros também!!!... Será que ainda vai a tempo de emendar erros passados???... Virá aí o SOCIAL, avalanches de benesses e mordomias p´rós sacrificados de sempre???... É que há quem queira ir por aí... "para dar e para vender" assim o diz, liberal e radical, o Filipão dos desnortes!!!...


http://tsf.sapo.pt/online/economia/interior.asp?id_artigo=TSF189487


... leviano e... irresponsável!!!...


... mais um atestado... pela mão e voz do ministro que é primeiro deste jardim!!!...


... não te engasgues com as amêndoas... oh _______________ pensa só e não embandeires em arco, panorama político bem distinto do conhecido, outras forças que surgem, irrompem, crescem movimentos mais esclarecidos de cidadãos, com esperança e tudo, direita engolida pelo partido da rosa, pomar disfarçado, migalhinhas quase extintos, desiludidos que se vão afastando ou situando noutras esquerdas mais d´acordo, autêntica viração!!!... Bipolarização na España de vuestros hermanos... por aqui não, algum cheiro a cravo, alguma utopia que se mantém!!!... Não sei, não!!!... Grandes mudanças se perspectivam... no futuro, creio!!!... Coisas!!!... Sherpas!!!...



13
Mar08

... estamos fartos e... com três ou quatro na Forbes!!!...

sherpas

 

... Forbes Magazine, na quinta avenida da cidade de Nova York... no céu, quiçá???... 

 

 

“... aos poucos” me vou convencendo que vamos estando fartos de certos artistas, de cenários que se vão repetindo, de representações já gastas, cansativas... as das duas alternativas, ciclo quase infernal que se abre e fecha em Portugal, justificações de governanças que obrigaram sacrifícios enormes aos das vidinhas pequenas e com fome, que acabaram com grande parte duma classe média que, parece mentira... ainda mexe, geraram emprego e desemprego a rodos, aumentaram o fosso entre ricos e pobres, desequilíbrios sociais de pasmar, ganhos de vulto aos do topo, mais três ou quatro na Forbes, cumprindo o que se propuseram no abaixamento do défice, (contendo-o) na sustentabilidade da segurança social que saiu da crise em que se encontrava, aumento das exportações, fiabilidade dos outros em relação ao País, local mais atractivo, pelos vencimentos de miséria que pagam quando cá estão, facilidade dos patrões em mandar embora pela precariedade no emprego, muitos milhares de milhão para quem os tinha, para quem os tem, continua tendo, crescimento na economia à volta dos dois pontos, dizem!!!...


http://dn.sapo.pt/2008/03/13/nacional/ps_desmobilizado_a_celebrar_a_govern.html


... satisfeito com os resultados... o ministro da Presidência!!!...


... sabendo, de antemão, que... ainda tem, o partido do Poder, muitos problemas por resolver!!!... Todos sabemos, a grande maioria dos portugueses sentem-no na pele, na carne, na carteira, na qualidade de vida que não têm, continuamos sendo um cantinho dos ricos e dos políticos, apesar de...


... daí a insatisfação que grassa, que avassala, que agita... os mais sacrificados dos sacrificados quando berram e gritam quase todos os dias, não falando do Litério ou do Nogueira, bonecos comandados à distância, quando representam os insatisfeitos, pelo que querem ali à mão, (... um hospital ou um centro de saúde, com urgências a tempo inteiro, para cada um e para todos, à discrição!!!... ) pelo que não querem, nem pintada, a "maldita" avaliação!!!...


... o que se entretém com disparates, acreditando no fim e no princípio dos ciclos, repetição do mesmo de antes... um que aforra e endireita os dinheiros públicos, outro que rebenta até à exaustão, o acumulado e o não acumulado, rasteirinhos e baixos, tanga completa ou nuínhos, nas tintas para os que não são encartados, augurando bom bocado e sucesso garantido à custa do ESTADO que jura rebentar em três ou seis mesitos apenas, com bons exemplos em França, fã incondicional do Sarko, adepto dos dinheiros mal parados, das influências e amigos, dos compadres em desvario, das corrupções em profusão



http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=927232&div_id=291


... grande pecador do passado... apontando os pecados dos outros!!!...


... tal e qual, fábulas antigas... “da formiga e da cigarra” com uma série de parvos no meio que, já não me admiro, se irão no bote outra vez!!!... Deus não os ouça e... o Diabo seja cego, surdo e mudo, farto de incompetentes e irresponsáveis!!!... Que deixem “os rosas” cumprir o que falta, nesta e noutra legislatura, vida menos dura, mais social e equitativa... estando como estou, preocupado com os que cá ficam, temeroso das vontades dos abutres que recordo e rejeito!!!... Até nas melhores famílias acontece o que é sabido de todos... para um bom aforrador, um grande gastador!!!... Não sejam loucos... aconselho eu, “aos poucos”!!!...


... quanto à justiça


http://jn.sapo.pt/2008/03/13/policia_e_tribunais/marinho_ataca_governo_duraopara_defe.html


... o bom bastonário, nas intenções... defende corrupto e acusa Durão!!!...


... porque, assim o diz... há corrupção e corrupção, “a falsa e a verdadeira”!!!... Ele lá sabe porquê!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...



12
Mar08

... marcharam indignados... pela humilhação, sem avaliação!!!...

sherpas

... sem avaliação... não há progressão na carreira, com contestação na rua mantêm-se alguns interesses corporativos, de sindicatos, de partidos, instabilidade na sociedade que se crispa, se irrita, continua apostando no mal menor que vai fazendo... bem ou mal, não discuto, com resultados bem diferentes doutras gentes que nos deixaram bem fundo na rebaldaria conhecida, educação, saúde, justiça, segurança social!!!...

... deram uma ajudinha aos docentes, na marcha da indignação e humilhação... na rua!!!... Agora, no Parlamento, vão dizer que não à avaliação, dando palmadinhas aos profs, indo-lhes ao jeito, numa mistela que não entendo, inimigos do peito do mesmo lado da barricada para fazerem do Sócrates... menos que nada, água passada!!!...

... difícil, na certa... porque nos contrários, em absoluto, inferiores a zero, negativos em tudo!!!... Há os que sabem agitar as massas, há os que conseguem manipular sindicatos que lhes são afectos, há os que não sabem o que querem, há os que estão ali porque... pensam que é o lugar certo, há os que não têm alternativas a nada do que dizem combater, há os que atrasam o processo da avaliação, ou não, há os que gostariam de deitar abaixo a ministra, há os que falam no consenso, na razão com progressão, com avaliação, pois então!!!...

... afinal, compreendendo os profs, aplaudindo as manifs, local adequado para gritarmos descontentamentos, na rua, não consigo compreender esta colagem dos partidos políticos que nada possuem de concreto em substituição do que não aprovam, limitam-se a dizer que não, também!!!...

... confusões em profusão... como a ponte (???...) do Filipão que esfrega as mãos de contentamento, dando tiros nos pés dia sim, dia sim, acreditando no impossível???...

... palavra... d´honra!!!...

... quem não deve, não teme... com avaliação e progressão numa carreira que, de tão digna, não merece ser pretexto para COISAS ocultas, dissolutas, outras lutas, creio!!!... A governança, governa a legislatura e... no final, sujeita-se a votos, cumprindo o seu papel, a oposição actual, no sítio certo... mais perto e frontalmente, no Parlamento apresenta outras saídas, soluções diferentes, na rua, desde que sintam vontade disso, que façam manifs como o PCP, o BE, classes sociais diversas que mostrem sua indignação mas... não são governação, fazem barulho e são aproveitadas por forças que se disfarçam e acicatam, fazendo uma forcinha contra quem se aguenta e vai fazendo!!!... Nunca considerei os partidos de direita pura e dura.... amigos de cravos, bandeiras e lutas, instabilidades contínuas, amigos dos inimigos de dantes, objectivo primeiro, única estratégia porque apeados dos seus pendores, mui próprios e agora doutros, ajudando a desfazer quem vai fazendo, penso!!!... Ao contrário... o Mundo, pelo que vejo!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...

12
Mar08

... muda a sigla e... vai ao fundo, num mar profundo!!!...

sherpas

A direcção do PSD decidiu mudar o símbolo do partido. O essencial da imagem de marca não muda - continua a ser a seta que se mantém cor-de-laranja - mas o fundo passa a ser azul. O resultado é que o símbolo social-democrata fica menos laranja e mais azul. Uma alteração de fundo na imagem histórica do partido.

À seta - que passa a ser só uma e não três sobrepostas como acontecia até aqui - acrescenta-se a frase "Mudar Portugal", alegadamente para sublinhar a "atitude de mudança" que a direcção do partido diz querer imprimir ao PSD e ao país.

Além do símbolo do PSD, a direcção de Luís Filipe Menezes tem pronta uma série de cartazes e "autodoors" para lançar nas ruas esta semana. A oportunidade é o terceiro aniversário do Governo de José Sócrates, que durante a tarde desta quarta-feira será analisado numa reunião de dirigentes do PSD com alguns convidados, no Altis, em Lisboa.

No final, Luís Filipe Menezes fala à imprensa sobre o balanço que faz destes três anos de governação socialista.

... in expresso!!!...

... oceano tão vasto de asneiras e contradições... num partido laranja que, já foi!!!... Simples apontamento, direcção errada, quase... no fim da macacada!!!... Já agora, aqui para nós... por quanto venderá a "sede" do pomar que foi, já não é, radicalidade absurda, grotesca direi, c´mó Capucho de Cascais!!!... Enfim, cada um... faz e desfaz do que lhe pertence, como bem entende, ou não???... Sherpas!!!...

07
Mar08

... eleições "regadas" com... sangue!!!...

sherpas
Ex-vereador socialista de Mondrágon estava com a mulher
ETA volta a matar no último dia de campanha
Isaias Carrasco, 43 anos, foi morto à porta de cada, com três tiros
Manuela Goucha Soares
Isaías Carrasco, 43 anos,foi alvejado com três tiros - um deles no pescoço. Estava acompanhado pela mulher e filho, e não levava escolta. Carrasco ainda foi transportado para o hospital de Mondrágon, mas faleceu pouco depois.

O ex-vereador socalista de Mondrágon do PSE-PSOE estava acompanhado pela mulher quando foi morto às 12h30 de Lisboa. Zapatero recebeu-o numa acção de campanha em Málaga.

... in expresso!!!...

... irracionalidades tremendas!!!... A vergonha da democracia (???...) quando se preverte!!!... Tenho pena!!!... Sherpas!!!...

06
Mar08

... liberal e... radical???...

sherpas

Pacheco Pereira fala em «ataque à democracia»

2008/03/06 | 19:53
Em causa a alteração nos estatutos do partido
 

O social-democrata Pacheco Pereira considera que a intenção da direcção do PSD de alterar os regulamentos do partido no sábado «coloca seriamente em causa a democracia interna» e significa «o regresso de velhas práticas de manipulação», informa a agência Lusa..

José Pacheco Pereira colocou um texto no seu blogue, www.abrupto.blogspot.com, com o título «Em defesa da democracia interna no PSD», em que apoia os seus colegas de partido que querem evitar que a reforma dos regulamentos vá a votos no Conselho Nacional de sábado.

 

«Esta situação é inadmissível num partido democrático», acrescenta Pacheco Pereira, subscrevendo a exigência de que «haja um período mínimo de um mês para a análise e discussão dessas propostas» antes de serem votadas. «É a democracia interna do PSD que está em causa, com o regresso de velhas práticas de manipulação», considera.

Sobre o conteúdo das alterações que a direcção quer fazer, Pacheco Pereira afirma que «é legítimo suspeitar que possam levar à destruição do que ainda sobrava das propostas de moralização e rigor na vida interna que datam do secretário-geral Rui Rio e de Marcelo [Rebelo de Sousa] como presidente do PSD». «Introduz-se o pagamento a dinheiro sem controlo, a possibilidade de as secções passarem a receber directamente as quotas, o que abre caminho às práticas de caciquismo já conhecidas do passado», critica o historiador.

«Controlo dos cadernos eleitorais pela sua fixação atempada, pagamentos individuais de quotas para impedir os pagamentos colectivos a desoras nos multibancos, prazos de pagamento para evitar a viciação dos actos eleitorais, rigor nas transferências de militantes para impedir brigadas móveis que se deslocam de secções para secções ao sabor das necessidades, etc., etc., tudo isto pode estar em causa daqui a dois dias», avisa.

... in Portugal Diário!!!...

... nada democrático... dizem alguns, não olhando a meios para atingir os fins!!!... Coisas internas que vêm a público, vezes por outras!!!... Sherpas!!!...

06
Mar08

... emoções, deduções e... passeios!!!...

sherpas

 

 

... sempre fomos bons mobilizadores, quando nos propomos... emotivos e activos, damo-nos de corpo inteiro, capazes de dar nas vistas desde que nos sabemos como Povo, raça heróica que se suicida quando se entrega, boas ou más causas, quase indiferente desde que haja escarcéu retumbante, lá vamos num mata e esfola, numa resistência fera quando se é capaz, se pensa dono da razão!!!...

... barricadas opostas, algumas ínvias razões, vontade de alterar, vontade de manter, vontade de não saber bem o que se pretende, vontade de gritar recalques recentes, passados e não olvidados, mais antigos!!!...

... sempre foi calcanhar de Aquiles de qualquer governança, a educação... nunca resolvido o problema, adiado e amalgamado desde que o conheço, balão de ensaio amplo onde se misturaram ingredientes vários, se combinaram habilidades doutros, se confundiram feitos e defeitos em experimentações de gabinete, se propuseram ou impuseram receituários mais adequados, se descuraram auscultações dos intervenientes, dos actores em cena, dos mais directos participantes deste espectáculo que se arrasta, que não passa, que degrada, que descamba para a anarquia quase total duma classe que não merece, que se junta e obedece, que se orquestra e aproveita por sabedores da agitação, pensando que estão livres de qualquer força política!!!...

... aí estão, provocando instabilidade, gritando suas razões, costas com costas, ministra que não aceita, multidão que se agita, prévia preparação ao longo da geografia nacional, de norte para sul, de este para oeste, dia D que se aproxima, dezenas de milhar que desfilarão na capital, bandeiras negras, fatiotas d´acordo, gritaria aos sete ventos, direito que têm à indignação, porque humilhados se dizem!!!...

...  lembro, não vindo a propósito... as bandeiras que se espalharam neste jardim por outras causas que não estas, por emoção futebolística, por treinador de selecção indutor, mais aceso num dado momento dum Europeu, sorrisos e hinos, rostos espelhantes, augúrios e gozos!!!... Recordo aquela onda de solidariedade que avassalou todo o Mundo, por uma questão de amor por Timor, nascimento dum País!!!... Tenho bem presente... a Expo de que nos orgulhámos, unidos em bloco, organização perfeita!!!... Somos um POVO, quando nos propomos, família de estalo, gente de bem lá fora, cá dentro, nobres procedimentos, grandes momentos!!!!...

... de tão unidos, irmãos e afectos... divergimos, zangamos tal como os ditos, quando a coisa toca mais fino, quando nos faltam ao respeito, quando não somos carneiros, quando pensam por nós, quando retiram direitos, quando tentam dispor, quando nos perdem o respeito!!!...

... olhando para trás, por propinas que não pagavam, traseiros que mostravam, manifs e grilos, alterações que propunham, sovas e insultos, cadeados que punham, insuficiência nas promessas que se não concretizavam, linhas e rumos que não tinham, se chocavam, filhos e pais contra docentes, ofensas e cúmulos, agravos tremendos, passividade de alguém, aproveitamento dos que incitavam, fervuras que soltavam, rolavam, rebolavam... tal como agora, estrépito de avalanche que se avizinha, inquietação de quem teme, indiferença de quem tenta, autocarros que vão, sorriso, satisfação... ministra que s´aquieta, cai que não cai, adiamento que não promete, emperra, enegrece, sombria se torna a situação que avulta, consenso que se não tem!!!...

... serão quarenta ou cinquenta mil, algures em Lisboa, farão barulho, mostrarão ou não, o que valem, de motus próprio ou orquestrados, aliviarão frustrações, exigirão o que pretendem, o tal respeito de quem não é respeitado, obterão ou não qualquer tipo de resultado, mais fracos, mais fortes e... com avaliação,  dualidade que permanecerá, mais uma batalha numa guerra que continuará, perdurará, quase eternização!!!...

... quem se não dá ao respeito, não é respeitado... utilizados somos todos, mais ainda no contexto em que vivemos, altura de mudar toda uma situação no que mais nos toca, reformas que causam mossa, provocam incómodo aos que estão instalados!!!...

... mais humildade e entendimento sem perdas de tempo, sem braços de ferro, teimosias e manias na rua, resultados incertos, gritarias extemporâneas, claques e bandeiras, folclores coloridos, objectivos que não serão atingidos, mais divididos, aproveitamento de alguns partidos, enfraquecimento do que é forte, o contrário, quiçá, manifestação duma classe que sai vencida ou vencedora num conflito que se arrasta, não resolve, se mostra!!!... Dia de luta que acumula a outras lutas, não expurga... ministra que cai ou não cai, política na rua, reforma que continua, extravasamento de maleitas antigas, doença na mesma, solidário com os dois, educação que resiste, tempo diferente!!!... Na minha continuo... manipulados que estão, lá vão, lá vão, com razões de peso, confesso!!!... Quem se não dá ao respeito... não é respeitado (professores e ministra) creio!!!...

http://jn.sapo.pt/2008/03/06/nacional/cavaco_silva_inicia_hoje_visita_bras.html                                                                                                             

... por estas e por outras... o excelso, mais excelso vai de passeio!!!...

... com amigos e tudo, claro!!!...

http://videos.sapo.pt/S6GNyJZ2q6PU6BaUY0jK

... especialista no assunto continua dizendo que... sistema de ensino é obsoleto!!!...

... perante, aconselhando alguma contenção... continuo gritando, com quantas forças tenho

... palavra... d´honra!!!...

... enfim!!!... Sherpas!!!...

 

 

05
Mar08

... consequência do precedente do... Kosovo!!!...

sherpas

 

 

"GEÓRGIA
Ossétia do Sul pede reconhecimento de independência
A Ossétia do Sul anunciou que pediu à Rússia, ONU e União Europeia o reconhecimento da sua independência na sequência da declaração de independência do Kosovo. O presidente da Abcásia, também integrada na Géorgia, já disse que esta região vai fazer o mesmo em breve."

... in TSF!!!...

... ou há moralidade... ou comem todos!!!... Sherpas!!!...


05
Mar08

... não é tonto mas... parece, quando aparece!!!...

sherpas

"PS concorda com Luís Filipe Menezes
PSD não merece estar à frente dos socialistas nas sondagens 



O porta-voz do PS, Vitalino Canas, concorda com a afirmação de Luís Filipe Menezes, em entrevista ao JN, de que o PSD não merece estar à frente dos socialistas nas sondagens.

"Estou em total acordo com as declarações. Considero que o PSD não tem merecido a confiança dos portugueses, tendo em conta a total oscilação a que temos assistido na agenda política do PSD", disse Lusa Vitalino Canas à Agência Lusa.

Para o porta-voz do PS, existe uma total oscilação na agenda política do PSD que é da responsabilidade do seu líder. "Num dia diz uma coisa e no outro dia outra", salienta, acrescentando que o PSD "cola-se à agenda política dos jornais do dia, dos sindicatos, da CGTP, entre outros".

A "justiça é um dos sectores, das áreas onde a oscilação da agenda política do PSD é mais evidente", defende. "O PSD assumiu com o PS um acordo sobre legislação vária e tem oscilado ao longo dos tempos ou sobre as políticas ou sobre a posição a tomar em relação a várias medidas", disse.

De acordo com o porta-voz socialista, em relação a "algumas delas parece não estar disposto [o líder do PSD] a avançar porque são medidas que podem traduzir em alguma dificuldade como é o caso do mapa judiciário".

"Se o PSD quer alterar a situação, se quer ser uma alternativa credível, deverá ser um pouco mais congruente e credível no que diz respeito aos portugueses", concluiu"

... in JN!!!...

... e, o Vitalino... que não é tolo, aproveita logo!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...

 

04
Mar08

... tempos diferentes... na docência!!!...

sherpas

 

... não me quero imiscuir numa luta da classe a que pertenci que... por interesses ou corporações, virou luta política, deitar abaixo mais uma ministra!!!... Terão as suas razões... ou não, tal como quem tem a pasta e tenta alterar um sistema de ensino que, segundo entendidos e abalizados, tem os dias contados, de acordo com o presente... completamente obsoleto, pensam, eu também!!!... Temer avaliações, alterar maneira de estar, incomodar os acomodados, não suar a camisola quando se isola e... manifesta, não descola de posições em que teima, tornou-se anedótico, caricato, de parte a parte, do ministério e do corpo docente!!!... Com diálogo tudo se resolve... mais ainda quando não estão envolvidas (estão) oposições, outros partidos, sindicatos que gostam de se manter, provocando instabilidade e desacato, orquestrando de norte a sul, descontentamento que, de tão grande, se torna duvidoso, creio!!!...

 

... com a participação de forças que apoiam a incúria e a libertinagem, dentro das amplas liberdades que têm... o problema torna-se doença grave, menoriza ainda mais uma classe que sempre foi digna, exemplo para alunos e pais, descurada e não respeitada por governanças várias, desde sempre!!!...

 

... a maioria no PODER tem e cumpre uma estratégia para o que mais nos distingue e aflige no estatal e social que pretendemos manter, saúde, educação, justiça, segurança social, vai fazendo, reformando o intocável, a duras penas (corporações instaladas de há muito) com alguma decisão e coragem, foram eleitos para isso, há elementos com pasta mais antipáticos, menos abertos, complicados que... não deixam de ser competentes, merecem o nosso aplauso e respeito pelo feito!!!...

 

... nos meus remotos tempos de docência também era avaliado por inspectores que se colocavam na sala vendo e avaliando alunos e professor, registos que ficavam!!!... Os alunos eram sujeitos a exames nacionais, antiga terceira e quarta classes... tínhamos uma percentagem de aproveitamento que rondava os setenta por cento da turma, éramos massacrados com acções de formação, apresentávamos relatórios e ascendíamos na carreira com uma certa facilidade, os bons e os maus professores... indiferente!!!... Além disso... sempre fui, sempre fomos considerados, respeitados pela sociedade civil, pelos superiores mais próximos ou de topo, com excepções, claro!!!... Coisa distinta, experimentação constante, alguma desevolução... incerteza no que nos davam ou tentavam dar, não dando, problemas que não se avultavam tanto como agora, razão da luta política que está por trás disto tudo, quase aposto!!!... Solidário com os professores, solidário com a Ministra e com o Governo que tenta adequar o ensino... ao momento que vivemos, torná-lo mais d´acordo!!!... Desde que se ponha de parte algum “joio” que se agarra e estraga... o “pão”, resultado final dum “trigo” mais limpo e são surgirá como bênção!!!... Mas, como é???... A bem com Deus e com o Diabo???... Quem sou eu???... Alguém que perdeu benesses que tinha, que não gosta mas compreende, solidário com a indignação dos professores pelo desrespeito a que são sujeitos

 

 

... que aplaude uma Ministra de poucos sorrisos mas... eficaz!!!... Que pensa nos frutos futuros, nos vindouros... velho que sou, que sabe destrinçar entre os que "fazem" e os que andam a "brincar" enredando tudo e todos, manipulando  a rodos!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...

 

 

 

 

04
Mar08

... a culpa... morreu solteira, mais uma vez!!!...

sherpas

"Criticam que sete anos depois continue por se apurar responsabilidades
Entre-os-Rios: familiares das vítimas desistem de pedidos de indemnização 
03.03.2008 - 16h09 Lusa
Os familiares das 59 vítimas mortais da queda da ponte de Entre-os-Rios desistiram da intenção de pedir indemnizações ao Estado, lamentando que, sete após a tragédia, a justiça continue sem atribuir responsabilidades pelo colapso da ponte..."
... in Público!!!...
... infelizmente, em Portugal... não se responsabilizam culpados, quando no topo, imunes e impunes!!!... VERGONHA!!!... Sherpas!!!...
04
Mar08

... esperança ou... aproveitamento duma situação bizarra???...

sherpas

 ... surgirá... por aqui, dizem!!!...                                                           

                              ... a ESPERANÇA!!!...

O movimento é liderado por Rui Marques, o antigo-Alto Comissário para a Imigração e Diálogo Inter-Cultural, e quer ser olhado como uma proposta para que o país possa sair da crise.

O partido quer ser uma solução, «num tempo em que os portugueses e as portugueses estão marcados pela falta de esperança, pelo desânimo e pela paralisia», explica Rui Marques.

O antigo comissário é o único rosto conhecido, já que a aposta e no cidadão comum. «Não são figuras mediáticas, são cidadãos e cidadãs que deram um passo em frente pelo seu país», salienta o dirigente que diz que o novo partido não é de direita nem de esquerda, mas sim do centro.

Até ao Verão, Rui Marques conta reunir as 7500 assinaturas para fazer nascer o novo partido. Para isso aposta forte nas novas tecnologias como a internet para chegar aos eleitores.

A TSF tentou obter reacções das várias forças políticas mas até ao momento apenas o PS respondeu, salientando que primeiro é necessário que seja constituída a nova força política e depois conhecer as propostas do movimento para que se possa pronunciar.

 

... in TSF!!!...

... um partido político... não nasce assim, do pé pr´á mão, simplesmente!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...

02
Mar08

... povo de Deus???... Implacável, cruel!!!...

sherpas

 

"Médio Oriente: Sessenta palestinianos mortos numa vasta operação israelita em Gaza

1 de Março de 2008, 22:12

Gaza, 01 Mar (Lusa) - Sessenta palestinianos foram hoje mortos na Faixa de Gaza numa das operações mais mortíferas do exército israelita desde o início da Intifada de 2000, destinada a fazer cessar o disparo de foguetes contra Israel.

O exército israelita anunciou que dois dos seus soldados morreram e seis ficaram feridos.

Saeb Erekat, um dos principais negociadores palestinianos, afirmou que as negociações de paz com Israel estão, por agora, "enterradas sob as casas destruídas em Gaza", ao passo que o presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, renovou o seu apelo para "uma protecção internacional do povo palestiniano".

Cinquenta e quatro palestinianos, activistas mas também mulheres e crianças, foram mortos e cerca de 150 ficaram feridos hoje, numa vasta operação do exército israelita no norte da Faixa de Gaza, onde os habitantes de Kabaliya se mantiveram em casa, enquanto os imãs das mesquitas recitavam versículos do Corão para altifalantes.

"Não podemos deslocar-nos facilmente, 12 das nossas ambulâncias estão paradas por falta de combustível e as outras devem coordenar-se previamente com o exército israelita", lamentou o médico Muawiya Hassanein, chefe das urgências em Gaza.

Mais dois palestinianos foram mortos num ataque aéreo contra uma esquadra de polícia em Khan Younes e quatro elementos da polícia do Hamas, movimento islâmico que controla a Faixa de Gaza, morreram num ataque aéreo israelita no sector de Rafah, segundo testemunhas e fontes médicas.

Das vítimas mortais palestinianas, pelo menos 13 são civis, das quais quatro jovens e sete mulheres.

Vinte e um mortos foram identificados como membros de grupos armados, quase todos pertencentes ao braço armado do Hamas.

O exército israelita anunciou, por seu lado, ter perdido dois soldados nos violentos combates no norte da Faixa de Gaza.

Desde o início da ofensiva israelita, quarta-feira, quase 90 palestinianos morreram, depois de um civil israelita ter morrido em consequência do foguete palestiniano disparado quarta-feira.

Hoje, os grupos armados palestinianos dispararam mais de 50 foguetes sobre Israel, onde sete pessoas, das quais duas crianças e uma mulher, ficaram feridas na cidade de Ashkelon, situada a dez quilómetros de distância da Faixa de Gaza, segundo o exército.

"Era impensável que a reacção israelita a disparos de foguetes palestinianos, que nós condenamos, fosse tão terrível e hedionda", criticou o presidente Abbas, que apelou para uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU.

"O Hamas é inteiramente responsável pelo que se passa e pagará o preço disso", afirmou o ministro da Defesa israelita, Ehud Barak, que, através do seu porta-voz, fez saber que Israel não se "impôs um limite temporal para pôr fim à operação".

Um regimento inteiro do exército, ou seja, cerca de 2.000 soldados, operou hoje na Faixa de Gaza, noticiou a televisão pública israelita.

São soldados de infantaria de uma unidade de elite, apoiados por blindados e helicópteros de combate, segundo a televisão, que precisa que estes se confrontaram com uma forte resistência de grupos armados palestinianos.

Centenas de palestinianos manifestaram-se na Cisjordânia e nos campos de refugiados no Líbano para condenar a ofensiva israelita que, de acordo com o vice-ministro da Defesa israelita, Matan Vilnai, não tem por objectivo uma reocupação da Faixa de Gaza.

Numerosos países árabes condenaram a operação israelita, bem como a França, que condenou igualmente os disparos de foguetes palestinianos.

O Canadá lamentou a escalada de violência, ao passo que o Presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, afirmou que Israel será "cortado pela raiz" e os seus dirigentes presentes à justiça "um a um".

Em Israel, uma centena de habitantes da cidade de Ashkelon manifestaram a sua ira gritando palavras de ordem anti-árabes e exigindo ataques mais duros a Gaza para pôr fim aos disparos.

ANC."

O Senhor disse-lhe: "Vi a aflição do meu povo. Por isso desci para o libertar e o conduzir a uma terra onde corre o leite e o mel.

... às vezes... o Senhor, engana-se drasticamente, com muito sangue que corre do corpo de inocentes!!!... Medonho, o confronto... interminável e sob olhar atento e impávido de toda uma comunidade, a internacional!!!... Povo de Deus, castigador!!!... Ficaram-lhes jeitos terríveis de passados de holocausto!!!... Quase iguais ou... piores, ainda!!!... Vergonha!!!... Sherpas!!!...

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D