Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

11
Jan08

... dos fóruns... pr´aqui!!!...

sherpas
 

... ninguém afirma tal coisa... oh _________, sinto-me bem na Europa, sempre me senti!!!... Baseio a minha querença referendária por razões, diamentralmente opostas às que aponta!!!... Concordo com a BOLA, mal maior da nossa sociedade... grande proveito para os que entram no jogo, seus satélites também, alienação e obscurantismo das mentes dos que se limitam a ocupar lugares nas bancadas, gritando e lendo os "desportivos", cultura rasca e tendenciosa, respeitando como gosto!!!... Cada um, como cada qual!!!... Sobre Cavaco e Sócrates, apesar de... considero-os determinados e voluntariosos, com erros avultados, como humanos que são, pai do MONSTRO que se mantém, negação do que se impunha clarificando sua posição, cumprindo promessa do passado, respectivamente!!!... Não é por aí, naturalmente... que o "burro" vai às couves, meu amigo!!!...


... as consequências negativas de tais "defeitos" manter-se-ão no espírito dos portugueses mais esclarecidos... através dos tempos, penso!!!... Sempre apostei numa população, Povo que lavas no rio atavicamente atrasado por herança que se obteve e arrasta indefinidamente... ninguém lhe inverte o destino através de atitudes positivas e proveitosas dos que governaram,e governam, responsabilidade que têm, trabalho que lhes competiu e compete!!!... Para isso foram eleitos, meu amigo!!!...


... não tenho nada contra Menezes e Portas, no campo pessoal... somente os descarto porque, comparando... conseguem ter mazelas muito maiores, enganos e ludíbrios, populismos e demagogias que tresandam... incapacidade e incompetência que são visíveis ao primeiro olhar, basta reparar no percurso de ambos, presente e passado, estão começando a aprender a ser oposição, espero que se mantenham nessa condição, por muitos e bons!!!..


...voltando ao ministro que é o primeiro, ao excelso mais excelso... com a recusa do referendo, além de passarem atestado de ignorância aos portugueses, não fizeram nada que alterasse o quadro aberrante e degradante que aponto, no desinteresse que congelou em relação à EUROPA de que não gosto, com medo dos europeus, creio!!!...


... se seria pouco ou muito participado, (o referendo) indiferente... dependeria do trabalho dos políticos que, neste caso, se descredibilizaram mais uma vez, impediram a alteração nos conhecimentos e interesses por “isto” que se torna cada vez maior, desconhecido e afastado de qualquer um!!!...


... verbos de encher... o que passámos a ser, continuando sendo o que sempre fomos!!!... Não se educa uma sociedade... só com distribuição de computadores, tem de se acreditar nela, contribuir para uma perfeita integração num contexto social e democrata que nunca foi, simples economia de mercado com um directório bem definido, França, Alemanha e Inglaterra (... que faz o que bem entende, não é, nem deixa de ser!!!...), bloco para competir com outros blocos, associando ou divergindo, consoante os “iluminados”, pobres coitados!!!...


... ainda não foi desta... meu caro!!!... Tenho pena, garanto!!!... Abraço do Sherpas!!!...

10
Jan08

... OTA ou... ALCOCHETE, ainda!!!...

sherpas

 ... dos fóruns... pr´aqui!!!...

... entre maçaricos de bico comprido, poluição de aquíferos, arrozais a deslocar a fim de afastar as aves migratórias, declarações do Ferreira da Quercus, da “carroça à frente dos bois”, precipitação de quem decide, já decidiu, ou não, devido a tremenda pressão, projecto que se estudou ao longo de tantos anos, milhões e milhões que se volatizaram... nos encontramos, meu caro!!!...


... fui favorável ao início das grandes obras, da OTA do TGV... criação de emprego, reanimação da economia, investimento público com resultados imediatos, não de ânimo leve, pensadas e repensadas, levadas a sério e com firmeza por parte de quem decide, governa!!!... Mas, pelos vistos, COISA difícil de fazer neste cantinho, pela oposição que surge, pela indecisão que espreita, pela inabilidade dos que se subjugam a outros interesses, desrespeitando esperanças criadas nos que foram massacrados ao longo de tanto tempo, prejuízos de vulto, impedimentos vários, congelados e agora... indignados!!!...


... até o excelso mais excelso... perante tanta indecisão, se escusa, se remete ao silêncio, não apoia nem comenta, oh ______________!!!... Alcochete na berra... OTA que já não espera, mais umas barreiras por vencer, pedidos constantes de demissão do Ministro que disse o que não disse, se quedou pelo deserto, somente!!!...


... credibilidade dum Governo que hesita, muda e admite outra solução... como saída ou solução para grande obra de impacto, com p´rós e contras, p´ró interesse nacional, simplesmente!!!...Luta política que por aqui se fica... "oposição da grana" sorrindo embevecida pelas certezas que não tiveram quando eram, já não sendo!!!... Humildes ou arrogantes... quando os comentam, ao Ministro e ao Governo???... A luta continua, a discussão reacendeu-se, os ganhos e as perdas à flor da pele, como sempre!!!... Não entendo, nem quero... espero, como sempre!!!... Abraço do Sherpas!!!...

10
Jan08

... a cunha!!!...

sherpas

 

 

... ao fim de dois anos complicados, marcando passo e fazendo continência a gente desconhecida, espécie de cumprimento, perfilado e submisso, simples número com uma diagonal nos ombros, mais tarde com dois vês, confrontados com um invertido, encarnados, bem visíveis... depois da recruta e da especialidade, pura verdade!!!... Dei recrutas a soldados, fazia o que qualquer sargento do quadro fazia, mal pago... era mais barato, com mais substância intelectual, formação académica obtida antes de ingressar naquela coisa que nunca se deu bem comigo, militar mais que forçado, indignado quase sempre!!!...


... passados dois anos ascendi a furriel miliciano, sem ser por engano... com guia de marcha adequada, enviaram-me para a Guiné, não integrado em companhia ou pelotão, muito menos em batalhão, na qualidade de individual disponível em qualquer ocasião, render quem acabasse a comissão!!!... Já contei, retomo o fio à meada... numa barcaça mista, géneros, irracionais, civis e militares, o Alfredo da Silva que navegava com costa à vista, fazendo paragens e abastecimentos por parcelas do nosso vasto território ultramarino, d´aquém e d´além mar, arquipélagos da Madeira e de Cabo Verde, lá chegámos ao porto de Bissau, terra quente e húmida, estranha para um estranho que chegava com malas e... uma missão (???...) imposta!!!... Alguém reparou em mim, me encaminhou para a traseira dum camião militar que se dirigia para o Q.G. Onde teria de me apresentar!!!...

{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.confused}{#emotions_dlg.smile}

... arranjei instalação adequada num barracão onde dormia, como companheiros de quarto, imensa caserna, mais umas dezenas alargadas... em camas cobertas por mosquiteiros!!!... Começou a minha comissão de serviço, sem viço, sem graça, continuidade daquela complicação onde me tinham metido desde os vinte, já cumpridos e com mais dois, esperando por outros dois naquele “Paraíso”... pena a que me tinham condenado!!!...

 

 

 

... não vou descrever mais, só sei que... perdida e sempre recordada num bolso da fardamenta, levava uma cartinha de recomendação dum Primeiro Sargento, amigo do meu pai, para outro amigo, colega dele em serviço naquela província ultramarina, espécie de cunha apropriada, descanso dos meus progenitores, encosto, influência que talvez surtisse algum efeito!!!...

 

... os primeiros dias foram longos, difíceis de passar, aos caídos e sem funções, aguardando ordens, à disposição de quem necessitasse dos meus serviços, rendição individual, claro!!!... Via passar os outros, encostava-me a uma coluna de cimento frente à sala de sargentos, olhava para os jagudis em cima dos mangueiros, respirava aquele ar denso e húmido, quente e abafado, matava um que outro mosquito mais sedento do que tinha nas veias, sangue fresco da metrópole, coisa boa, apreciava os naturais nas suas vestes miseráveis, os seios das mulheres que não tinham vergonha do que tinham, mostravam sem pudor, por carências de toda a ordem, hábitos antigos, as lavadeiras que vinham buscar a roupa aos militares, todos os dias, à mesma hora, camisa ensopada de suor, algum frescor nas pernas que trazia ao léu, calções militares, meias verdes e sapatos adequados com boina castanha na cabeça... uma lindeza que ainda recordo quando aprecio fotografias passadas, bem mais novo e sujeito a todas estas travessuras que me impunham, quando dispunham!!!...


... numa dessas tarde de “fare niente” sem ocupação, deambulando por ali, olhando com enfado o ambiente estranho em que me encontrava, bebendo uma Cuca, cervejola da altura, emborcando um uísque baratinho com soda, coisa fina e na moda, falando com quem encontrava a jeito... ainda perdido e confuso, apalpei o bolso da camisa e afaguei a minha “cartinha de recomendação” alívio dos pais amados que tinha deixado para trás, descanso deles, ilusão que mantinham, quando ma entregaram, alguma esperança minha... sempre seria um “empurrãozinho” por parte do amigo do amigo do meu criador, parte dele que fui, que era, que continuava sendo em terras africanas, dor de alma, afastamento, quanta saudade já sentia!!!... Pensei nela, interroguei-me sobre o destino a dar-lhe!!!... Sempre tive algum receio de contar com os outros para resolver a minha vida, nunca fui favorável a “cunhas”, sentia e sinto alguma repugnância por esses actos mas... como dádiva e empenho dos meus pais, sossego dos mesmos, sentia um certo impulso em resolver o assunto, encaminhar a recomendação para o sítio certo, resultasse ou não resultasse, encargo que tinha, obrigação moral que me viria a beneficiar ou não!!!...


... assim me encontrava, num daqueles dias custosos de passar, encostado a uma coluna de pedra e cal, mesmo em frente à sala de sargentos, congeminando comigo próprio... nesta e noutras situações que se me deparavam nos primeiros dias de Guiné, ainda sem colocação, sujeito à rendição individual em que me encontrava, às ordens da CCS do QG, um desconhecido no meio de imensos desconhecidos, fardado ainda por cima, sem vontade própria, às ordens dos ombros que pesavam mais, batendo a “pala”, perfilando-me, ouvindo o “nosso Furriel” displicente e arrogante de quem o pronunciava com desdém, sargentos “lateiros” ou acima deles, profissionais das guerras, carreiristas fardados, governo deles que não meus!!!...


... coincidência ou não, repente que tive... espécie de intuição quando a tirei do bolso e me encaminhei para junto dum primeiro sargento que se encontrava por ali, encostado como eu a outra coluna do alpendre, gordo e farto, palitando os dentes, meio ensonado, petrificado pela modorra do início de tarde, grasnar dos jagudis no cimo dos mangueiros, alguns passantes, indígenas e militares, camisas ensopadas pelo suor, picadas de mosquitos como norma, lugar comum, hábito que ainda estranhava quando os esborrachava com uma palmada repentina, batendo a continência, pedindo licença para quem, do alto da sua posição, graduação mais elevada, mal se mexeu, entreabriu os olhos e... permitiu, perguntando-me o que pretendia!!!...



... disse-lhe o que se passava, o que me atormentava, a recomendação que levava para um primeiro sargento, de que não me recordo o nome, por parte dum amigo comum que mencionei!!!... Foi como um toque de varinha mágica, personalizou-se, com mais agrado apresentou-se como sendo o endereçado, pediu-me a carta, abriu-a, leu-a com atenção, perguntou-me pelo amigo, dobrou-a com muito cuidado, meteu-a no bolso da camisa e... disparou:


... olhe, meu amigo... em terra de cegos, quem tem um olho é rei!!!... Virou-me a costas!!!... Quedei embasbacado!!!... Mais tarde verifiquei que me tinha dado a melhor ajuda que me poderia dar, fez-me abrir os olhos, ver que a vida não era pêra doce, que tinha que me desenrascar por mim próprio!!!... Daí para diante foi o que fiz, arranjei colocação, ascendi no lugar, no respeito que tinham por mim, impus-me... aos poucos e, mais tarde, tive oportunidade de pagar o “favor” a esse senhor, quase da mesma maneira ou pior, sem intuito de vingança, cumprindo o dito à letra!!!...


... decerto se lembrou que... em terra de cegos, quem tem um olho é rei, posição inversa da primeira, necessitando de encosto e eu, cantando de galo!!!... Cá se fazem, cá se pagam!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...

 

 

 

08
Jan08

... se, por acaso... incumprimento duma promessa!!!...

sherpas
Tratado Europeu
Sócrates não faz referendo
O primeiro-ministro já sossegou outros líderes europeus, que temiam a consulta popular em Portugal, apurou o SOL. Esta noite na comissão nacional do PS, Sócrates vai formalizar o 'não' ao referendo
... tenho pena que tal aconteça... cabeça que não pensa, subjugada aos grandes interesses europeus, famílias idênticas, populares e sociais-democratas!!!... Fazendo pela vidinha, como todos!!!... Nunca vi uma Europa como esta... com medo dos europeus!!!... Se o REFORMADOR é tão bom... porque não uma ratificação por referendo alargado???... Por via (para) lamentar... cozinhadela esquisita que se faz, que se impõe, falta de respeito por quem os elegeu!!!... Dos políticos e dos ricos, somente!!!... Desiludido se... por acaso!!!... Poxa!!!... Sherpas!!!...
08
Jan08

... oh Abreu!!!... (influências)

sherpas

 

... escrevo sobre pessoas do passado, não escondendo nomes, nem lugares... pois já lá vão tantos anos que não temo ferir ninguém, se por acaso!!!... Corria o ano de mil novecentos e sessenta e seis na cidade de Bissau, capital da Guiné, uma das muitas colónias em guerra, de então!!!... Encontrava-me em missão “forçada” já há uns mesitos, tinha deixado de ser “periquito”, gozava de algum respeito por parte dos meus superiores hierárquicos na repartição onde prestava serviço, era considerado, cumpria o que me competia!!!...


... nunca fui guerreiro de armas na mão, felizmente!!!...


... como Furriel Miliciano encarregado de oficiar para as Companhias que estavam no mato, sobre assuntos diversos relacionados com pensões às famílias, gozava de privilégios alargados, confiança do meu saudoso capitão Sousa, chefe a quem tinha de prestar contas, a quem entregava o que escrevia, se aprestava a assinar, resmas e resmas de ofícios... um desvario, ao longo de dois anos!!!... O trabalho era árduo, pelos casos e pela quantidade, o clima insuportável... únicos luxos várias ventoinhas grandes que zumbiam, espargindo ar quente e mole por tudo quanto era canto, modorra constante, horários elásticos, consoante chegadas ou partidas de contingentes, necessidade de pessoal que se ia sentindo!!!...


... um dia fomos convidados, eu e outro Furriel Miliciano, o Lopes, pelo nosso capitão a acompanhá-lo a uma surtida à Companhia de Adidos de Bissau a fim de recrutar dois elementos de graduação baixa, soldados ou cabos, com jeito para a escrita nas máquinas que se usavam na altura, habilidade rara, começo destes teclados do PC, tempos e instrumentos modernos na altura, tão remotos e desadequados, agora!!!... Num “Jeep” lá fomos os três e o condutor, até fora da cidade à Companhia referida!!!... Depois de efectuadas todas as diligências, juntaram-se umas dezenas de pretendentes ao lugar, devidamente formados, perfilados, em sentido... perante o nosso oficial que os mandou descansar!!!...


... encarregou-nos de os inquirir e... afastou-se!!!... Todos sabiam o que “não sabiam”... vontade imensa de se “safarem” do mato, da guerra que os esperava como destino certo!!!... Chegámos à conclusão que só um tinha conhecimentos rudimentares duma máquina de escrever, rapaz escorreito, simpático... um cabo que nos convenceu!!!... Faltava-nos outro!!!... Eis senão quando deparámos com o Abreu, rapaz de pequena estatura, físico de atleta, de poucas falas, tímido e apartado do grupo!!!... Chamou-nos a atenção, falámos com ele!!!... Tinha sido boxista na vida civil e no quartel onde começou a sua carreira das armas entrou-se de razões com um superior, pregou-lhe um murro nos queixos e deixou-o inconsciente!!!... Foi julgado por tribunal militar, enviado para o Forte da (des) Graça em Elvas onde cumpriu pena pesada!!!... Logo após foi enviado para a Guiné com cartinha de recomendação para zona mais conflituosa, mais perigosa!!!... Encontrava-se na Companhia de Adidos aguardando destino, simplesmente!!!...


... pensámos nos dissabores já passados por este Abreu, estivador nas docas de Lisboa, ex-boxista de poucas falas, futuro negro que o esperava!!!... Congeminámos uma estratégia que invertesse o seu percurso, escolhemo-lo... com intenção de lhe ensinar, mais tarde, alguns truques das maquinetas de escrever!!!... Dissemos ao “Chefe” quais tinham sido os escolhidos!!!... Ficaram disponibilizados de imediato, foram encaminhados para a repartição, de acordo com o nosso bom (???) juízo!!!...


... escusado será dizer que, por muito empenho nosso, os dedos grossos do pugilista não davam com as teclas, muitos impedimentos, avanços diminutos ao invés do cabo que vingou e por lá ficou, cada vez mais hábil à medida que ia praticando!!!... Começámos a encarregá-lo de serviços menores, género estafeta, bem como distribuidor das bicas ao pessoal, na hora do descanso!!!... Caiu no “goto”, foi aceite, começou a fazer parte da mobília, imprescindível, até!!!...O tempo foi passando, a minha comissão de serviço terminou... pouco antes do meu regresso fiz do Abreu, amigo e herdeiro do meu espólio militar, botas, camisas verdes, camuflado, outros apêndices da fardamenta quedando com o que tinha vestido, somente!!!... No aeroporto de Bissalanca tomei lugar num Boeing e aterrei em Figo Maduro donde fomos encaminhados para a calçada da Ajuda, para os Adidos!!!... Daí... para a “peluda”!!!... Desses meus companheiros de então... nunca mais soube nada, recordo este episódio gratificante desses tempos conturbados, apenas!!!... Entre outros, é evidente!!!... Sherpas!!!...

07
Jan08

... dos fóruns... pr´aqui!!!...

sherpas

 

 

 

... sobre fumos e fumadores, oh _________________, porque praticantes no passado, estamos do mesmo lado entendendo os “agarrados” e os que se rebelam, não querendo consumir “produto” doutros, quando sentados... ali ao lado!!!...


... as leis são o que são... no início, porque procedimento futuro que se exige, impõe, neste caso em comportamentos arreigados de há muito tempo atrás, custam um bocado, provocam arrazoados inúteis, posições e posturas divergentes consoante e conforme o grupo a que se pertence!!!... Com ou sem razão, desenfreadas as emoções, combate político dalguns que agarram tudo e mais alguma coisa como motivo de luta, tentando apear o que está, ocupando, logo de seguida... lugar que fica vago, por se acaso!!!... Natural, em qualquer democracia que se preze!!!...


... com ASAE ou sem ASAE... prefiro a primeira hipótese porque nunca temi, não devo, sempre cumpri, com Botas ou sem Botas!!!... A estória já vai longa meu amigo, comparando... mantenho a minha posição quanto a regras sem abusos!!!... Não sou, nunca fui, não tenciono ser fundamentalista, não gosto dos que se assumem reizinhos arrogantes, a humildade é uma grande virtude, no PODER ou na OPOSIÇÃO!!!... Falas em desânimo... talvez tenhas razão, por vezes!!!...


... é que andamos a empatar desde há mais de trinta e tantos anitos... vai sendo tempo de alterar para melhor, o que tem andado torto, com gosto dos que se amanharam à tripa forra, meu caro!!!... Ainda aposto no “mal menor,” não sendo, que... com pancadinhas a preceito, ir-lhe-á tomando o jeito!!!...


... ah, é verdade, tenho andado por centros comerciais, pelo comércio tradicional, repartições de vária ordem, por cafés e pastelarias e... quanto ao ambiente, não te digo nada, uma lindeza!!!...


... sobre absurdos, contra-sensos... as tais arestas que se vão limando, em liberdade e com inteira frontalidade, vão passando a ficar de lado, aos poucos!!!... Roma e Pavia, meu amigo... dá tempo ao tempo e acredita!!!... Abraço do Sherpas!!!...


... pensa só “doa a quem doer”... diz o ministro Teixeira dos Santos!!!...

06
Jan08

... lá vai... cantando e rindo!!!...

sherpas

... ligeiramente preocupado mas... satisfeito com a obra feita, a caminho do segundo mandato, sorri satisfeito enquanto vai dizendo o que não diz

 

 

... o excelso, mais excelso deste País!!!... Enfim... na berra, claro!!!... Sherpas!!!...

04
Jan08

... quando o terror se impõe... à aventura!!!...

sherpas

"O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, informou directamente José Sócrates, na noite de quinta-feira, que o rali Lisboa-Dakar não podia realizar-se.

Depois de terem sido estabelecidos contactos entre as secretas francesa e portuguesa e do embaixador francês em Lisboa ter informado o Ministério português dos Negócios Estrangeiros sobre a ameaça terrorista contra o rali, Sócrates ligou ao seu colega Sarkozy para se inteirar da situação.

Foi o próprio Presidente francês que explicou a Sócrates que os serviços secretos franceses tinham tido conhecimento de que estava em preparação um atentado terrorista contra a caravana do rali, para acontecer no deserto, na Mauritânia.

O ataque seria feito, informou ainda, por jipes com lança-rockets.

João Lagos, o organizador português, explicou que, quinta-feira ao fim do dia, o Governo francês «deu ordem» à organização para cancelar o rali, uma vez que a ameaça passou a ser «sobre todo o percurso, e não só na Mauritânia», onde tinham ocorrido a morte de quatro turistas franceses, há quinze dias, vítimas de extremistas islâmicos.

«Os grandes eventos desportivos são todos alvo de grande pressão e ameaça. E não são cancelados. Esta decisão é um mau sinal», conclui Lagos.

Rali devolve dinheiro aos pilotos

A organização do rali Lisboa-Dakar vai devolver o valor das inscrições a todos os participantes, revelou João Lagos ao SOL

A devolução dos patrocínios e o pagamento de todas as despesas envolvendo a organização da prova deverão ser cobertos pelos seguros que, segundo o organizador português do Lisboa-Dakar, são feitos para precaver este tipo de situações.

«A organização francesa tem seguros que devem cobrir também a parte portuguesa», disse João Lagos a propósito dos patrocinadores portugueses.

Quanto à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a principal patrocinadora do rali, terá de «resolver tudo com a organização francesa».

A prova foi cancelada esta sexta-feira, depois do Governo francês ter considerado de alto risco a possibilidade de ocorrer um atentado terrorista contra a caravana do Lisboa-Dakar.

Segundo soube o SOL, durante o dia de quinta-feira, as secretas francesa e portuguesa mantiveram-se em contacto, depois daquela ter sido informada de que estava em preparação um atentado terrorista contra o rali, para acontecer no deserto da Mauritânia.

Leia mais, amanhã, no SOL"

... é uma tristeza... a era em que vivemos!!!... Sherpas!!!...

03
Jan08

... sindicância na... CML!!!...

sherpas

 

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=74047

 

... in Sol!!!...

Relatório aponta promiscuidades nos serviços de urbanismo (SOL)

No documento a que o SOL teve acesso, a magistrada do Ministério Público fala em vários casos de projectos que entram nos serviços de Urbanismo da Câmara de Lisboa «cujos processos são desenvolvidos em gabinetes privados de funcionários».

 

... CML na fossa... ainda!!!... Sherpas!!!...

02
Jan08

... Londres!!!...

sherpas

 

 ... bonito de ver... de ouvir, ainda mais, os "beefeaters" (... comedores de carne de vaca, privilégio que tinham!!!...) ou guardas da Torre de Londres, contadores de estórias passadas, com um espírito mui britâncio!!!... Bons tempos!!!... Sherpas!!!...

02
Jan08

... o novo ano... 2008, claro!!!...

sherpas

 

... mais um ano se inicia com perspectivas desanimadoras, desesperanças que teimam, futurologia que não adivinha, resultado duma série de desencontros que se acumularam, acumulam ainda sobre uma região que é um País, velho, de larga história, séculos e séculos de acontecimentos que deram tudo, cantando mágoas e dores, escrevendo em desvario numa auto-flagelação constante de quem pretende e não alcança, imaginando como seria caso a transparência funcionasse numa equidade justa que se não pratica, que privilegia os que, por trancos e barrancos, se alçaram a lugares de relevo, impedimentos que sobressaem como verdadeiros abcessos, conhecidos e incomodativos, protegidos de ventos contrários, dentro das leis que pensaram, aprovaram, tentam manter, apesar de...

... roubado ao http://wehavekaosinthegarden.blogspot.com/

... utopia duma ideologia social que se retalha, vende, se deixa permissiva a desvarios insensatos, simples costa ocidental refém dos dinheiros que cativam os mais fracos, rendidos aos sabores dos luxos e prebendas fartas que lhes ofertam, desfrutando lugares que ocupam, de passagem, lufada bafienta ou promissora, consoante a origem, as intenções de quem os faz soprar, esquecendo obrigação primeira, dever de quem usa e abusa, à ligeira, daquele sentido pátrio que não pratica, o seu serviço aos outros neste Portugal que se não encontra, sebastianista incréu que se prolonga, ridículo e quixotesco com tantos moinhos de vento, fantasmas que se alteiam ameaçadores, enormes perante os que têm fome, carentes em demasia ao invés dos que se enfrentam por uma maquia, além da que já possuem, fiéis a maus princípios interesseiros, pavões elitistas de curtas vistas!!!...


... famílias políticas que se digladiam, exemplos que não dão, outros que publicitam alguns rostos de proeminentes que, por mérito próprio e muita garra, esforço individual, valores mui pessoais deram brado nesta Europa que se não conhece, se deseja, se enfeita com cores absurdas, escurecidas por conluios e partilhas de alguns menos dotados!!!... Ínvios nas estratégias que traçaram lá se vão projectando, firmando sobre todas as outras qualidades que se enterraram, se esqueceram, aborreceram... dogmas passadistas esborrachados sob o peso dos mercados, políticas economicistas, desvarios imperialistas doutros pedaços mais influentes em superfície, em população, em armamento bélico, potências que abrem os olhos quando nos indispomos ou variamos, blocos como dantes, tão constantes, hábitos antigos!!!...

... quem diz que não, guerras por todo o lado nesta fera globalização, condão de quem comanda, de quem organiza e mata, espia e contém, não é ninguém, fidelização canina... como diz o buldogue daquele calhau de luxo algures no Atlântico ou em contramão!!!... Duas saídas, duas posições, vegetando e augurando umas migalhas, prestando algum servicinho de ocasião com recompensa pressurosa ou deitado às feras, sem guerras e isolados nuns recantos onde se vai gritando um pouco, ainda, quase como um estrebuchar aflito dos que vão falecendo, embora crendo!!!... Resistência, ataque, imaginação, conclusão, simplismo, complexidade... anuência com subserviência, ordem mundial, terror e pavor dentro ou fora da lei instituída num Mundo que poderia ser mais aberto, solidário e afecto em relação aos que o compõem, pessoas diversas, finitas, iguais, com teres ou vazios, perversas ou com fomes, calda explosiva que se não aquieta, inquieta, provoca atritos, confrontos com baixas sanguinolentas, espectáculo dantesco, inferno contínuo!!!...

... mau exemplo da ASAE!!!...   http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=898297&div_id=291


... sempre assim foi, dizem... gerando riqueza criam empregos, criam bem-estar, logros que não colam, falácias de quem pensa que ainda seduz quando as produz, cumulativos empilhadores de muitos haveres, seduções insanas de sereia homérica de quem nos engana, duplicação de influentes que se erguem nos egos que têm!!!... Quanto mais têm mais querem, roda sem termo, ciclo vicioso nada formoso que dispara por aí... atropelando tudo e todos, vontade férrea que também verga, que também gasta, que também passa, questão de tempo... pequeno momento, incerteza de quem já não consegue ser, fantoches que bailam dança mórbida, atroz, anquilosados pela idade, pataratas dum pensamento inútil em prol dos que nunca tiveram, adonados de pouca coisa... tendo tudo, aparentemente, pouca gente!!!...


... ano novo, vida nova???... Penso que não porque os que estão como estão... estão de pedra e cal, não descolam, tomaram-lhe o gosto, afeiçoaram-se à “dolce vita” pois então!!!... É vê-los, como novelos... enrolados uns nos outros, por esse Mundo fora, com sorrisos abertos, confessos quando se mostram e rebolam, convencidos do que não têm, não são, aparências e insistências numa enormidade que se forma sobre base densa e informe que se adensa, compacta e não disfarça, envergonha seus feitores, autores ou cúmplices de barbaridades que me fazem disparar de indignação, não engolindo, fugindo de mim próprio quando me isolo, me disfarço sob manto protector, escritas minhas, confissões a que me afeiçoei, choros continuados de tantos pecados (... bons bocados para alguns!!!...) cometidos, que se cometerão em vão!!!... Amálgama que me confunde, aversão que vou sentindo no ano que finda, no que se inicia sem fantasia, na vida apática que se perspectiva para a grande maioria sem cheta, na vida airada duma minoria que se farta, não gasta, não se afasta, se mantém!!!...

... concomitantemente e apesar de... tento fazer de conta que, afinal não está tão mal como parece, ainda tem solução, desde que... é evidente!!!... Expectante como sempre, na saúde, na educação, na justiça, na segurança social... no emprego bem remunerado e seguro, na luz ao fundo do túnel, no cantinho mais equitativo, justo, como membro efectivo do clube dos ricos desta Europa que não atende aos desejos dos cidadãos, quando impõe o que bem entende, esquisita qu´ela é!!!...


... ah, é verdade!!!... O excelso mais excelso ainda não está satisfeito com o estado da economia, com outras coisas mais que... aborda, como se nada!!!... P´rós fumadores iniciou-se um novo ciclo que, atendendo aos sacrifícios que fazem para satisfazer o vício, aconselharia a deixarem de fumar, simplesmente!!!... Perante os desacatos dos mais elevados, convém dizer aos da governança que as cadeias também servem para eles, quando prevaricam e lesam o ESTADO no erário que é de todos, políticos e ricos, públicos e privados com os seus bons bocados não achados, esquecidos ou considerados como... fundos perdidos!!!... Vai sendo tempo, caramba!!!... Haja decência!!!... Sherpas!!!...



Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D