Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

30
Mar08

... não há mal que lhes não venha!!!...

sherpas
 



... não há mal que lhes não venha!!!...


... por muito que tentem, através de cosméticas várias, já não conseguem convencer, não disfarçam o que pretendem!!!... Por muito que se misturem com os que fizeram, por roubos continuados que deram CASOS e CASOS, tesos e sem cheta, com apertos de mão, sorrisos de treta, palavreado demagógico e populista de quem tudo arrisca, não passam do que são, não têm razão, fingimentos e oportunismos não são solução!!!... Por muito que prometam nas barrigas cheias que hasteiam como bandeira, promessas em vão, aos esfomeados com fartura, aos desempregados que se acumulam, aos precários como sina, com a saúde e o ensino como cavalo de batalha na rua, através de sindicatos que agitam, manifestação sobre manifestação, aproveitados e com intenção... já não convencem, não!!!... Por muito que alardeiem, não deixam de ser o que são, fartos e bastos ou... em vias disso, sistema que tremelica, se não perspectiva como futuro para toda uma NAÇÃO em conflito permanente!!!... Pobre gente perante imprestáveis que tentam de todas as maneiras, conservar o que AINDA têm, alternar o que já não se consegue, apesar dos esforços disfarçados por quem já provou que pouco ou nada vale!!!...

http://dn.sapo.pt/2008/03/30/nacional/menezes_discute_treguas_partido_marc.html

 

... apaziguamentos e cedências... no seio das excelências!!!... Contorcionismos ineficazes daqueles que são... "tão bons rapazes"!!!... Deixa-me rir  chorando e deplorando!!!...


... não há mal que lhes não venha!!!...


... foi pretexto, continuidade de políticas que outros não fizeram por falta de coragem... a questão do défice, teimosia com certo pendor, não descurando os que sempre ganharam com os governos rosas ou laranjas, acomodados e bem tratados, pouco ou nada incomodados, acumulando lucros e mais lucros, crescendo em tudo, uma barbaridade... sacrifício dos que começaram a despertar, apertando o cinto, endividando, penhorando o património que possuíam, classe média que se extingue, que vai tendo dificuldades como nunca sentiu perante o contrário a outros níveis, disparidades desconformes, ricos mais ricos, médios e pobres... MAIS POBRES AINDA!!!... Políticas erradas dum social-democrata, engenheiro e ministro primeiro que tenta inverter, tratando dos telhados, esquecendo os alicerces sob a égide de quem se alheia num faz de conta preocupante, vezes por outras, papel diminuto, quase bandeira que se passeia, não incendeia, não anima, sorri, conserva lugar, pretende manter, somente!!!... Eleitoralismo agora... comparando com resmas de dinheiros que se jogam e aplicam em locais de luxo bastante que contrasta com o que se passa, costa alentejana a saldo entregue a dois ou três, Alqueva na mesma, obras de vulto que vão dar muito que ganhar às grandes construtoras, ambiente propício, Bancos a rebentar, ricos mais ricos e distantes da turbamulta, ralé de trapo no pé, fraco remédio para panarício tão grande, abcesso que se deve extirpar de vez, algumas migalhas dispersas, muitas conversas, apenas!!!...

 

http://dn.sapo.pt/2008/03/30/nacional/visita_socrates_a_viseu_marcada_prot.html

 

 

... quem faz com intenção de melhorar... embora inclinado para telhados, tem sempre quem contesta, não se satisfaz com pouco!!!...


... não há mal que lhes não venha!!!...


... com práticas avulsas, instabilidade que se nota, dia-a-dia que não augura coisa boa... em Lisboa, no norte, no centro, a este e oeste, demasiados momentos provocados e orientados por partidos terceiros, ferramentas que possui, dinheiros e sindicatos, lá do alto e em união, descontentamento constante, quase uma sem razão, nos antípodas que estão, conveniências d´agora contra quem se não precaveu, se mantém e embirra, se convence até, que anda numa fona, de cá para lá, de lá para cá... mostrando o que fez, apresentando o que é, teimando, teimando perante o desmando!!!... De cortar à faca e sem alterne... iguais que foram, próximos que são, na recordação, na altura presente, instalados que estão, alguma contenção, Abril que chega, revolta com cravo, desilusão, fervura que cresce, inundação, avalancha que se despenha, vontade de quem já não quer, de quem ainda aposta daquilo que gosta... vida decente, esperança que tem!!!...


... não há mal que lhes não venha!!!...


... um quer e não quer, um apoio, um aplauso, um convencimento que tarda, uma chama que esmorece, um ódio que cresce, um desentendimento permanente, uma culpa que se aponta, uma justiça que não existe, processos que esquecem, inquéritos como passatempo, corruptos que proliferam, não escondem, não arrecadam, não esperam, impunes e imunes, continuam como dantes, tão extravagantes e dentro da lei, alguns nas alturas... bastantes nas amarguras!!!... Deixámos de ser brandos, não acreditamos... queremos o que nos pertence como graça, como bênção de todos, oportunidades decentes, equilíbrio sentido, sem artistas tão tristes, sem políticos com interesses, tão dependentes de quem possui grana tamanha, poder que se assanha autista se torna, se afasta, isola, cai... sem quórum que o sustenha!!!... Tenho pena!!!


... não há mal que lhes não venha!!!...

... enfim!!!... Sherpas!!!...

 

 



 


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D