Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

16
Jan08

... rompantes que... me assolam, apenas!!!...

sherpas

 

Moção de Censura "chumbada"Votos a favor do BE, PCP e PEV, abstenção do PSD e CDS e contra do PS

... in SICOnline!!!...

... atropelam-se os acontecimentos políticos (interesses) no País onde nasci, lutas enraivecidas entre duas forças (alternes) que se enfrentam, apesar do... incumprimento de promessas que desanimam, fazem desacreditar no mais pintado (referendo) carregado, antigo ou fresco, mais moderno, idiotices continuadas dos que se julgam (nas ilhas) donos e senhores das vontades dos que os ouvem e não seguem, disparatados que são, tiros nos pés, quase sempre, quando abre a boca e comenta frente à televisão (Filipão do Norte), chão que desliza, foge e torna não segura a situação dos que estão cada vez mais debilitados pelos maus resultados na Nação, população, obrigação que não cumprem (umbiguistas) desde que assumiram o que lhes foi ofertado (maioria) logo após uma eleição baseada num desencanto (Santana Lopes) que foi corrido enquanto o Diabo esfrega um olho, apenas!!!...


... comentários, tertúlias inclinadas, sem representação das forças minoritárias, tal como a divisão de tudo o que os faz mover ($$$$$$) entre rosas e alaranjados, somente... algumas decisões que pecam pelo barulho, insensatez, tarde e a más horas, quando concretizadas (aeroporto) sob pressão dos que mais ordenam (capitalistas) nesta espécie de Paraíso alargado, desfasado, cantinho recuado em todos os sectores (Europa) recebedor de esmolas e ao jeito, mordomos ou serventes, fracas gentes que foram fortes (tugas) noutros tempos, cantadas pelo poeta que nos representa, quando nos idolatramos (Camões) e pelo que nos conheceu tão bem, quando a líricas me refiro (Pessoa)... não falando dos prosadores que retrataram aquilo que somos, tal como fomos (Eça, Ramalho, Antero, etc,etc,etc...) continuamos sendo, sorrindo e gemendo quando aguentamos estes trastes que nos caíram em cima, nos desgostam, desgovernos sucessivos mais ou menos expeditos, expansivos no que comem e dão... ou não!!!...


... revolucionários de treta, sem cheta... balbuciando mágoas, provocando alguns incómodos, vão desaparecendo por falta de quórum (minoritários) enquanto outros mais dilatados, embora pouco, se vão mantendo à esquerda (conservador e caviar) e à direita, (migalhinhas) perante quem não se torce nem se amolga, (presidente) vai saindo, vezes por outras... com “intenção” de incluir, não dando exemplo, conservando o que lhe sabe bem, como outros por ele formados, de vidinha cheia e apetecível, (banqueiros, empresários e gestores) distanciados dos que morrem à fome, ganham nada ou lá perto, (ralé) diferença abissal pelo que se constata quando os olham, colocam muito aquém, quase ninguém!!!...


... enfim, não gosto de pronunciar sequer, a besta que trucidou milhões... holocáustico, louco varrido, (Hitler) mas quase foram atingidos os seus objectivos, valente império se desenha sob emblema bem mais pacífico, contido e dirigido por sua germânica patrícia (Merkle) com a conivência duma série de imbecis e deslumbrados (Durão e Sarkosy) sob a batuta dos grandes potentados, economia que avulta, que sobressai, não contrai, rebenta tal a grandeza, riqueza que nos espanta, clube (bilderberg) que dirige tudo por aqui, por esse Mundo (globalização) fora, protegidos por bélicos famélicos que recorrem a armas e matam, tão cruéis como os do século passado (Bush e Blair) convertidos ou perdoados pela religião (católica) dos... sem pecados, povos escravizados, gentinhas que se esgatanham, tramam, reprimem, contêm, obedecem humildemente, mente, mente, mente!!!...


... palavras para quê... tanto cá (UNIÃO) como por lá, (USA) objectivos que se atingem, ou não, esbatendo a ilusão, famílias (populares e sociais-democratas) que apertam a mão, congeminam acções que se futuram, partilham Poderes e dinheiros, pervertem dogmas passados, retrocedem nos seus recados, tão diferentes, tão baralhados, perante os que não entendem, rejeitam mistela (liberalismos exacerbados) que vomitam!!!... Quando falam, quando gritam, não convencem... convertidos ao bom viver no sistema que implementaram, depaupero que alastra como massa informe e gasta, sua base de sustentação!!!... Quanta desfaçatez, mito (capitalismo) que se esbate aos poucos... como títeres autómatos, como robots pouco inteligentes, menos crentes, vamo-nos apercebendo dos enganos que produzem, quando não distribuem o que prometem, nunca repartem, acumulam sobre costados exangues, autonomizam-se com as tecnologias que nos vendem, self-service que proporcionam, despedimentos que somam, seguem, precariedade que prevalece, grupos e blocos abarrotados, passeios que se sucedem, emergentes que são repentes... miséria que se não cura, descura, fundações que surgem, umas sobre as outras!!!... Novos Kapos por tantos lados, holocausto moderno na concentração domesticada, mais virada, enganosa nos ardis que usa, quando se instala, abusa!!!... Tempos modernos... oh Charles Chaplin, companheiro dos meus pensamentos!!!... Ridícula caricatura que se mostra, outra vez, repetição com mortes e... miséria até à exaustão!!!... Enfim!!!... Sherpas!!!...


http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?article=319990&visual=26&tema=1


... entretanto o Filipão do Norte vai cometendo “burrada”, como se nada!!!...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D