Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

... coisas do Sherpas!!!...

... comentários sobre tudo, sobre nada... imagens diversas, o que aprecio, críticas e aplausos, entre outras coisas mais!!!...

05
Set07

... liberalismos e... globalização!!!...

sherpas

 

 

  ... ao serviço!!!...



... ou muito me engano ou... anda tudo muito confuso, com liberalismos e globalizações que nos pretendem impôr, que já impuseram, que estão aí, dando frutos podres em quantidade, pura verdade, desemprego que avulta, indignidade humana, empresa de vulto que acumula, acumula, capitalismo sem alma, modelo americano que importámos carregado de defeitos, que se alastra e convém a quem o exporta, não se importando com os resultados catastróficos, fobia que se não tem, subserviência total, apóstolos e catequistas adequados por tantos lados!!!... Não gosto de me ater a conhecimentos doutros, por isso carrego e agradeço a cabeça que alguém me deu... se funciona ou não, caso meu, somente!!!...


... o mal generalizou-se, bíblias várias se escreveram, se leram e interpretaram... solução ideal para o Mundo que se perspectiva, quase cativo, substituição doutras doutrinas, agora em desuso!!!... Não sou economista, longe disso... democrata e grato pela minha condição de homem livre, desde sempre, dos outros que são livres, também!!!... Ideologia, a da consciência, a do ser humano que pensa nos outros, seus iguais... ao mesmo nível, sem patamares de escândalo, degradação que abomino, que existe em toda e qualquer Nação que se apelida livre e democrata, (???...) disso e de muito mais!!!...


... houve erros, houve caminhos que ruíram... não foram exemplo, continua havendo, ruinosos se encontram, economia livre de mercado, doces palavreas ditos e reditos por excelsos que disso beneficiam, se encostam, adoram, se insurgem e rugem!!!... Descontentamentos que se vão generalizando, falta de futuro para quem está no princípio... sombrio destino para os que se deitam fora, se rejeitam, reformam e morrem, mantendo o “bolo” cada vez maior, multinacionais que, quando rebentam provocam estragos espantosos, países que quase sossobram... por simples constipação da maior NAÇÃO, exemplo padrão, globalização com liberdades de espanto, milhares de milhão que voam de cá para lá, de lá para cá... se vai mantendo, artificialmente, o sistema!!!...


... não sou saudosista de experiências passadas com maus resultados, não embandeiro em arco com as novas práticas... pelos resultados de miséria e pobreza que originaram, tendência para aumentar, empresas fantásticas, bilionários que triplicaram, desequilíbrios profundos, discursos de “pataratas” e incompetentes fazendo romaria aturada ao Centro do desconforto, absurdos que aplaudem, usos em curso descendente, excluídos que aumentam!!!... No meio termo... reside a virtude, assim o dizia o Povo na sua grande sabedoria, aproveitar o bom de toda e qualquer teoria económica consultando os canhenhos, comparando os resultados, buscando a saída, não insistindo no erro consciente e malevolamente, enquanto se fala, quase se persigna perante quem ensina, não sendo MESTRE, com tantos defeitos, como sabemos!!!...


Keynes nunca defendeu a estatização da economia, nos moldes em que foi feita na União Soviética. O que Keynes defendia, na década de 1930, e que hoje Stiglitz e os novos-desenvolvimentistas defendem é uma participação activa de um Estado enérgico nos segmentos da economia que, embora necessários para o bom desenvolvimento de um país, não interessam ou não podem ser atendidos pela inciativa privada.

Não se trata promover uma competição entre o Estado e o mercado, mas sim de obter uma adequada complementação ao mercado, que agindo sózinho não é capaz de resolver todos os problemas, conforme demonstraram Grenwald e Stiglitz [4] (1986), em busca de uma maior eficiência geral da Economia.”

... depois, olhar com olhos de ver para a presente situação, economia da guerra, economia da droga, economia de jogos ocultos, economia de conspirações, economia de artes e manhas esquisitas manipulação dum horror que se instalou, manutenção de imprestáveis que tudo provocaram, que provocam ainda, adoração do dinheiro em detrimento do género humano, parafusos que se usam, se substituem por outros, máquina portentosa que tudo engole e não vomita, centena e piques de grandes grupos financeiros... pouco mais, livre e globalmente orquestrando esta grande cacofonia tresloucada, coisinha pouca (???...) que alguns teimam em manter, os G7+1=G8, quiçá!!!... Nada de novo no horizonte... a viagem alucinante continua!!!... Até quando???... Sherpas!!!...


Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

Os meus links

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D