Quarta-feira, 3 de Agosto de 2016

... REGISTO!!!...

... profundamente indignado,

virando costas a serviço,

público... agora privado,

indiferente,

quando se não trata bem a “gente”

com agrado, empatia,

quebrando regras confusas,

sem facilitismos,

nunca gostei “da cunha”

compadrios, quejandos,

apostando na meritocracia,

rejeitando “estória” da influência,

tão nomeada

por certa excelência,

grande trunfo,

maior valia,

conhecimento do que se busca,

árdua tarefa, para alguns,

denegando

encosto, conforto do negligente,

inútil entre inúteis,

sociedade perniciosa que rejeito,

minha índole,

meu jeito,

favor,

com favor,

seja aqui,

seja onde for,

não cabe, nem ao mais “pintado”

sendo público ou... privado,

 

rigidez,

inflexibilidade sobre comum cidadão,

continua existindo,

por vezes deparo,

alteio voz,

faço reparo,

gero desagrado,

desafeição,

 

escrevo sobre assunto,

conto,

reconto,

sem intenção,

transformo centena em milhar,

quando lembro,

lei q´existia,

me favorecia,

então,

relaxe duma situação,

voltas,

reviravoltas que dei,

não consegui recuperar balúrdios,

injustos,

com lei e tudo,

nem adivinhas,

corri meio “mundo”

só parei no “cofre do “PATINHAS”

receio que me caia em cima,

sem parar,

sem reparar,

sem atentar,

gato escaldado não s´arrima,

quando surge,

como foi o caso,

coloco-me de pé atrás,

seja público, seja privado,

acabo, por escrever,

recontar,

 

sempre ouvi dizer

que pelos e com os pequenos,

se fazem grandes PAÍSES

sem beijos, sem abraços,

com bolos, com bolos,

sorrisinhos a perder de vista,

medalhitas a rodos,

seus tolos, seus tolos,

exemplos que não são exemplo,

justiça que não serve,

quem arrisca, quem arrisca,

água amarga que se bebe,

reizinho de certo pendor,

favor,

com favor,

tanto no público, como no privado,

não petisca,

simpatia que desborda,

entre os mais,

entre os menos,

gregos, troianos,

quantos,

quantos enganos,

mantendo espécie d´ilusão,

criando grande confusão,

sofridos,

continuam sofridos,

palmadinhas, muitos elogios,

maneira d´estar, estando,

maneira de ser,

sendo,

vou vivendo,

passando,

aplaudindo,

avaliando,

rindo,

criticando,

chorando,

quando menos s´espera,

acontece,

memória não esquece,

precavido,

rápido no pagamento,

continhas em dia,

desconfiança,

não me fio na contradança,

tanto no público,

como no privado,

certinho comigo, com os outros,

vida ensina,

cativa,

não cativa,

bom, mau recado,

incentiva,

direito que nem fuso,

rejeitando lei do parafuso,

na “época” do faz-de-conta,

quando s´erra,

quando s´aponta,

era ou não era,

uma vez,

sem idade para imbecilidade,

idóneo,

amante da honradez,

da verdade,

assim me creio,

justo com o justo,

vivo meu credo,

faço meu “mundo”

vou ao cerne, vou ao “fundo”

indago

e... pago, pago, pago...

como qualquer comum cidadão,

quase sempre a dobrar,

aumentando,

com intenção,

mais, menos tostão,

que faz tanto milhão....

depois d´ausência,

abri caixa do correio,

publicidade que farta,

destino certo,

caixote da reciclagem,

aqui ao lado,

bem perto,

uma q´outra correspondência,

confirmação do que já sabia

e... um AVISO,

logo à ideia me veio,

pelo destinatário,

minha mulher, seu carro,

multa de trânsito,

mais outra,

quanta vigilância,

suma extravagância

de quem zela pela nossa carteira,

radar não engana,

imposto de primeira,

convocação para pagar,

ou transita para tribunal,

assim é PORTUGAL,

quando prevarico,

pago,

mas brutal problema,

minha cara metade

teve medo do calor alentejano,

dilema,

nem mais pobre,

nem mais rico,

agarrei em tudo que m´identificava,

casado há umas dezenas d´anos,

comunhão geral,

tal e qual,

 

tanto no público, como no privado,

simples parafusos,

bocadinho de bom senso,

assim o pensei,

assim o penso,

que não,

tinha de ser assinado pela própria,

número de BI e... apresentação,

esclareci,

reclamei,

apelei,

em vão,

mal chegado

à terrinha do meu agrado,

membro da família em questão,

ausente,

por inclemência do clima,

cai-se-me um REGISTO em cima,

sabendo, d´antemão,

qual o assunto,

quanto mais vou vivendo,

mais lamento,

gentinha sem discernimento,

 

 

tanto no público, como no privado,

regra inflexível,

tão rígida,

indignado,

virei costas,

porque posso, ainda válido,

embora idoso,

fiz a vontade aos parafusos,

 

como outros,

incapazes,

reizinhos de “caca” em certos serviços,

quanto lamento,

não era favor,

não era segredo d´ESTADO,

calculava coima de trânsito,

imposto inesperado que surge,

radar no sítio certo,

pequena falha,

pézinho que calca,

q´ultrapassa,

fica registado,

 

fiz dobrar,

quando tomei conhecimento,

c´assinatura,

identificação da minha mulher,

minha, também,

que fica bem,

é assim,

ganharam os “parafusos”

sem compreensão,

sem um pouquito de senso,

cumprindo regra,

não respeitando idade,

não atendendo ninguém,

resumindo,

fui a LISBOA pela auto-estrada,

logo a seguir à minha chegada,

regressei,

por causa dum AVISO,

duma ausência,

dum REGISTO,

confirmei,

não gosto de relaxar,

contas antigas,

gato escaldado,

continhas certas, pagamento, na hora,

porque ainda posso,

caso resolvido,

caso arrumado,

tanto no público, como no privado,

 

opções,

em determinadas ocasiões,

não servem,

carregam nos fracos,

quebram regras ao mais elevado,

protegendo,

e... nós,

continuamos pagando, pagando,

a “duras penas”

com bolos, com bolos,

sorrisinhos, beijos, abraços,

medalhitas a rodos,

neste cantinho de tolos,

que, poderia ser

um GRANDE PAÍS,

facilitando, fazendo FELIZ,

evitando

danos, prejuízos

aos mais pequenos,

comezinhos,

comum cidadão que paga,

paga,

aguenta “barbaridades”

frialdade de quem atende,

que tristeza de “gente”

menos mal que há OUTRA alternativa,

que me seduz, cativa,

via CTT, ora bem,

logo se vê...

 

porque não mudas???...

 

já não surpreende,

exige... não entende,

uma...

entre outras “verdades” absurdas!!!... Sherpas!!!...

 

 

publicado por sherpas às 14:56
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.posts recentes

. ... sabores!!!...

. ... experimentação!!!...

. ... PIRATAS!!!...

. ... descalçar... as BOTAS...

. ... pérolas!!!...

. ... bocejo!!!...

. ... reprimenda!!!...

. ... heróis e... cavaleiro...

. ... se possível fosse!!!....

. ... TATE!!!...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.favoritos

. ... antes que... a vida, ...

.links

.as minhas fotos

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds