Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2016

... quando acordei!!!...

... hoje, acordei inglês,

lembrei minha primeira vez,

viagem a Inglaterra,

depois de percorrer boa parte da Europa,

passagem, de barco, para a ILHA,

agora, já se vai por terra,

TUBO por baixo do CANAL,

deixou de ser, continuando sendo,

simples cordão umbilical,

 

 

não abdicando do que são,

orgulho NACIONAL,

“PROUD” lhe chamam,

quando se convencem, quando clamam,

país da LIBRA, da rainha,

do conservadorismo,

como uma pinha,

 

 

alguns laivos de modernidade,

músicas que são encanto,

berço dos que foram, que são,

como NAÇÃO, criativos, seus filhos,

imaginação,

grandezas, baixarias tremendas,

poucas emendas,

 

 

sairam,

ficando em qualquer recanto da TERRA,

comunidade que se mantém,

preito,

indo pela esquerda,

na condução,

mui subtis, mas infernais,

bons, maus exemplos,

quando se trata de KAPITAIS,

 

 

cidade que muito aprecio,

população cosmopolita,

que nos agrada, cativa,

peixe e batatas fritas,

bifes, em casas apropriadas,

longas avenidas,

parques, museus, catedrais,

muitas, variadas,

 

 

teatros antigos,

Shakespeare,

todo um tratado literato,

dramaturgo, ficcionista,

densa, complexa lista,

 

 

auge do bem representar,

do bem saber escrever,

profícuo,

iníquo,

comparando com outros,

tão ou mais,

origens diversas,

comuns,

não adversas,

 

 

travessia ventosa,

fria, custosa,

de Calais para Dover,

condução diferente,

outra gente,

 

 

parque de campismo,

imediações da grande urbe,

completamente extasiado com o que via,

ainda sinto a emoção,

grande avenida, Oxford Street,

armazéns em borbotão,

 

 

roupas, adereços diversos,

calçados tão dispersos,

multidão,

pouco dado, não entrava,

aguardava,

ia vendo,

apreciando,

de pé ou sentado,

 

 

quando, num banco,

conversa casual com um senhor maior,

indígena, tá bom de ver,

usando meu palrar deficiente,

consegui fazer-me entender,

fraco conhecimento,

rudimentos de liceu,

o inglês, muito meu,

 

 

contacto proveitoso,

início do que faria, em qualquer país,

como quem diz,

fazendo-me perceber,

fraca ferramenta,

quando não se tem,

tudo se inventa,

 

 

um gesto que surge,

um sorriso,

entendimento perfeito,

sempre à mão, sempre a jeito,

um primor,

sim senhor,

 

 

hoje,

hoje acordei inglês,

recordei minha primeira vez,

cidade amor, cidade paixão,

minha ilusão,

 

 

com chá, com simpatia,

mui enfaticamente,

meu trato, compreensão,

tinha sido capitão,

 

 

era pai de professora,

vivia em Dover,

agora, reformado,

dos barcos que atravessavam o canal,

tal e qual,

 

 

na despedida, com aperto de mão,

com convite,

aquando do regresso,

aceitação,

 

 

não concretizada,

o tempo... passa!!!... Sherpas!!!...

 

 

 

publicado por sherpas às 14:05
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 11 seguidores

.pesquisar

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ... acabadinha de... cheg...

. ... sabores!!!...

. ... experimentação!!!...

. ... PIRATAS!!!...

. ... descalçar... as BOTAS...

. ... pérolas!!!...

. ... bocejo!!!...

. ... reprimenda!!!...

. ... heróis e... cavaleiro...

. ... se possível fosse!!!....

.arquivos

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.favoritos

. ... antes que... a vida, ...

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds