Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

... heróis e... cavaleiros!!!...

... mais lento,

mais desperto, mais saudoso,

quando lembro,

cavaleiros de pés descalços,

tenras idades,

tão nuzinhos, da cintura para baixo,

sem cueiros,

tão sem casa, quantos irmãos,

verdadeiros,

 

 

frio intenso,

“vela” acesa, tão verdosa,

quando os penso,

num sobe, desce constante,

sorridentes, brincalhões,

arrecadados,

ruína antiga, entorno formoso,

grossas muralhas,

pedras seculares,

algumas fendas, fundos socalcos,

quantas tralhas,

 

bicharada dispersa,

cães, gatos,

gargalhadas, ladridos, cantares,

galinhas, galos,

corredores labirínticos,

tectos caídos,

desassombro

num escombro,

 

 

tempos recuados,

curiosidade, espanto

numa colina,

algum desencanto,

 

imagética

como lema,

só,

fui subindo,

sorrisos abertos,

encontro, quando páro,

incrédulo, satisfação,

interrupção forçada,

lúdica função,

 

 

conduzido,

quanta explicação,

orientação por caminho,

naquela ruína,

abrigo,

tão abandonada,

maquino,

 

quando a necessidade apertava,

diversão parava,

grupo d´heróis, cavaleiros,

desfalcado,

um, dois ou mais,

buscavam certos paradeiros,

a céu aberto,

pipilar de tantos pardais,

chão atapetado de verde,

tufo de malvas, ali à mão,

na falta delas,

pedra... era solução,

rabiosque na perfeição,

 

 

e... continuava a função,

desvendando sendas, segredos,

sem armadura, sem elmo,

combatendo seus medos,

arrostando intempéries,

imaginárias feras, intrépidos,

fortalecendo suas defesas,

dias abafados, outros gélidos,

com sorrisos, com chalaças,

pequenas arruaças,

estrépidos,

 

barulheira, correrias várias,

dentro, fora da ruína,

pedras seculares,

sorrisos, gargalhares,

sem disfunção, sem rinha,

como eram,

libertos de qualquer amarra,

muito amor dos pais,

 

 

heróis,

progenitores de tal prole,

quantas lutas, quantos sóis,

interventores activos,

arrostando barreiras

quase intransponíveis,

quantas canseiras,

amantíssimos,

quando vivos,

esforços incríveis,

naquela luta tamanha,

pelos seus cavaleiros,

plena sobrevivência,

quanta penúria,

quanta carência,

tanto empenho,

tanta sanha,

meu escrito, desempenho,

registo que mantenho,

 

quando a vejo,

qual mártir descomunal,

na prenhês seguida,

origem de tanta vida,

amamentando mais pequeno,

recém-nascido,

bem no centro do seu castelo,

desgrenhada,

atenta aos mais crescidos,

mãozitas doutros

na sua saia comprida,

junto a um poço,

preocupada,

dando alma, tão sofrida,

 

 

nobre cortesão,

paciência, tarefas várias,

exercendo ocupação,

fazendo pouco, fazendo muito,

sobrevivência, alimentação,

contrasenso,

portas e travessas,

orientando caminho tenebroso

d´imberbes cavaleiros,

prodigalizando criação,

tão distantes, tão primeiros,

mão cheia de coração,

compreensão,

 

tempo passa,

desenvolvimento,

quantas lutas,

quantos sóis,

quando os vejo, bem os lembro

duras penas, labutas,

adolescentes, outros ares,

tão unidos, como sempre,

direitos, defesas bastas,

sem batidas,

nem vergastas,

 

 

quanto respeito,

quanto amor

pela vida,

noutros encontros,

situação melhor,

sem ruína,

tarefas, responsabilidades,

outras verdades,

 

quadro, meu conhecido,

como tantos outros,

nesta miséria que foi PAÍS,

tão reduzido, choldra d´uns,

palácios d´alguns,

continua sendo,

entre feros abutres, monstros,

egoísmos,

ganâncias desmedidas,

quantos pobres enobrecidos,

valores que foram vidas,

esforços, paroxismos,

gentes fortalecidas,

exemplos,

não esquecidos!!!... Sherpas!!!...

 

 

 

publicado por sherpas às 12:40
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 11 seguidores

.pesquisar

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ... sabores!!!...

. ... experimentação!!!...

. ... PIRATAS!!!...

. ... descalçar... as BOTAS...

. ... pérolas!!!...

. ... bocejo!!!...

. ... reprimenda!!!...

. ... heróis e... cavaleiro...

. ... se possível fosse!!!....

. ... TATE!!!...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.favoritos

. ... antes que... a vida, ...

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds