Domingo, 14 de Julho de 2013

... all you need is LOVE???...

… gosto do calor forte,

pesado,

do silêncio das ruas,

à tardinha,

no Alentejo,

da sesta de quem consegue,

retempero de noite perdida,

casa quente,

incomodativa,

refúgio bem fundo,

torneira aberta,

com que me inundo,

saída,

na certa,

 

mangueira com que rego o corpo,

sem preconceito,

qualquer entrave,

quando meio zonzo,

quase tonto,

me refugio na cave,

 

perda de equilíbrio,

algum desvario de mente,

que recordação tenho,

do frio,

antevejo,

comparando o incomparável,

quando o calor se sente,

desejável,

inconstância factual,

momentânea,

quando me sinto mal,

 

caem mansas,

do alto da torre da igreja,

quando as oiço,

sem as ver,

podem crer,

arrecadado na profundeza,

longe de tudo,

resguardado do calor,

um favor,

sem valor,

afoiteza,

 

dádiva que usufruo,

continuidade

da mangueira com que me rego,

“jacuzi” improvisado,

quando me agito,

deliciado,

água fresca que me passa pelo corpo,

chuveiro,

quando me quedo parado,

sinto bem,

apartado

da inclemência infernal,

estival,

como ninguém,

 

moles,

quase inaudíveis,

horas que marcam o tempo,

pelo hábito,

pelo sono,

quando as noto,

quando me ponho

mais atento,

 

por momentos,

introspectivo me absorvo,

 

me contenho,

determino,

quase quedo,

pavoroso calor que domino,

gosto do calor intenso,

da tarde calma de Verão,

no fundo da minha cave,

muito abaixo do chão,

 

longas,

silenciosas,

“nem uma agulha bulia,

na quietude dos caminhos”

não pela neve,

pelo frio,

antes pela acalmia que se abate,

torrente de fogo,

remate,

dando comigo em doido,

recordando tardes de frio,

noites de lareira acesa,

falares ao desafio,

 

casa abafada,

dia que se alonga,

não se ouve nada,

cão que ladra, lá longe,

desponte,

apontamento,

instante breve,

e,

a vida segue,

mais calma,

mais calma,

com gente extraordinária,

 

dignidade,

com alma,

muito acima, respeitando

diversidade,

realidade,

 

calor intenso,

ruas vazias,

silêncio,

quanto penso,

quanto me introverto

nestas tardes de acalmia,

reverto,

sem querer,

irreparável,

detestável,

fruição da escravatura braçal,

bênçãos, rezas,

ladainhas,

padres, lavradores,

doutores,

assunção que se renova,

escravatura intelectual,

 

ignorância provocada,

mais actualizada,

nada,

nada…

 

intemperança duns poucos,

loucuras,

experimentações,

quenturas,

verões,

Alentejo ardente,

sua gente,

sua alma,

 

coração,

quanto e quanto irmão,

desunião,

aproveitamento,

lamento,

lamento…

 

… enfim… numa cave tão normal,

nada, nada musical,

tão natural…  Sherpas!!!...

 

{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.smile}{#emotions_dlg.smile}

 

publicado por sherpas às 12:26
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.posts recentes

. ... reprimenda!!!...

. ... heróis e... cavaleiro...

. ... se possível fosse!!!....

. ... TATE!!!...

. ... Caravaggio!!!...

. ... caravela portuguesa!...

. ... REGISTO!!!...

. ... expulsos, por... negl...

. ... entre... quatro pared...

. ... GANÂNCIA!!!...

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.as minhas fotos

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds