Sexta-feira, 23 de Abril de 2010

... bobos... de todos os TEMPOS!!!...


… por senda sombria, escusa,
entregue a pensamentos, solitário,
com traje de mendigo, farrapos,
se arrasta, prestimoso,
triste figura, disforme, confusa,
num passo miúdo, pressuroso,
levando no seu regaço, relicário,
mensagem de suprema valia,
com destino certo, preciso,
uma deusa, uma simples musa,
alguém, por quem se sente idiopatia,
entrega, esperança de quem a envia,
utilizando préstimos de tão vil criatura,
naco de gente, serviçal sem viço,
nódoa, réstia, escravo, mensageiro,
indigno de tal missão… alcoviteiro!!!...


… caminha rápido no sendeiro,
cumprindo recado, levando encargo,
um escrito, palavreado de enlevo,
carta de amor, tempos de alvor,
época recuada, cavaleiros, donzelas,
fidalgos, vilanagem,
tanta criadagem,
tontos, bobos… cobertos de andrajos,
sombras escuras, tantas penúrias,
caminhos, percursos, ignomínia, ocultação,
vidas, sem vida, incúrias,
medos com dores, assombração,
corpos sem mente, rasgo demente,
figura que se arrasta, que leva uma carta,
de pouca monta, sem ser… sem nada!!!...

… bobo, gargalhada a tempo inteiro,
quando no castelo, bufarinheiro,
uma espécie de animal doméstico, rafeiro,
cão de estimação, diversão,
sem lugar certo, quando desperto, cabriolando,
depenicando restos das comezainas,
fazendo gestos, piruetas, brincando,
usando o gesto, o jeito, arruaça,
metendo, na altura, aquela graça,
fazendo rir, serviçal dilecto,
abobalhado, sendo esperto,
enrolado aos pés de quem o sustenta,
pouca coisa, uma sobra, uma sombra,
uma gargalhada sonora… de quem o alimenta!!!...

… algo que não existe, um bobo, uma diversão,
que espanta, que assombra,
que só serve para fazer rir,
como mensageiro… um alcoviteiro,
ao serviço, sem vida, sem viço,
andrajoso, calcando caminho, pelo sendeiro,
ligação entre cavaleiro, donzela,
aproximação… escapadela!!!...

… tal como na idade média,
apesar dos anos, apesar dos tempos,
ainda existe gente intermédia,
por vezes me confundo, momentos,
quando vejo escudeiros,
quando oiço vozearia, sons de adagas, de elmos,
de armaduras, de escudos,
quando vejo bandeiras, brasões,
cortesãs, palafreneiros,
em casa dos senhores feudais, os mesmos,
tal como nos capitais, donos dos mundos,
tão actuais, tão cheios de ilusões,
fazendo dançar, fazendo cantar,
ouvindo tocar os menestréis,
artistas puros… hábeis!!!...

… produzindo sons de adufes, de pífaros, flautas,
no intervalo dos combates, das lutas,
tal como no terreiro, aquando das justas,
cavaleiros com ou sem armaduras,
perante donzelas puras,
no castelo, na vivenda, sentados, barulhentos,
tempos tristes, bem cinzentos,
com mesas fartas, lautas,
com diversão assegurada, no bobo que ri, que serve,
no plebeu humilde, passivo, de libré,
por vezes, alcoviteiro, no seu passo apressado,
dando cumprimento, fazendo recado,
calcorreando sendeiros,
caminhos sombrios, esconsos,
tanto agora, como dantes,
ridículos, abjectos, risíveis, meio tontos,
mensageiros prestimosos,
trazendo no peito, relicário,
como bênção, berçário,
como estigma, o servilismo,
não vislumbrando o abismo,
untuosos… pressurosos!!!... Sherpas!!!...

 

publicado por sherpas às 20:48
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 11 seguidores

.pesquisar

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ... sabores!!!...

. ... experimentação!!!...

. ... PIRATAS!!!...

. ... descalçar... as BOTAS...

. ... pérolas!!!...

. ... bocejo!!!...

. ... reprimenda!!!...

. ... heróis e... cavaleiro...

. ... se possível fosse!!!....

. ... TATE!!!...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.favoritos

. ... antes que... a vida, ...

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds