Sexta-feira, 19 de Março de 2010

... anda tudo... ao contrário!!!...

… anda tudo ao contrário,
por muito que tente encarar,
desde o reles salafrário,
até à estética natureza,
que nos deve encantar,
na repetição cíclica, harmoniosa,
dos seus tempos climatéricos,
sendo diferente, formosa,
no período devido, indicado,
sem câmbios atmosféricos,
bruscos, inesperados,
alterada a Primavera,
aquela que se esperava,
para um triste Inverno,
chão lamacento, molhado,
nuvens carregadas, sombrias,
quão surpreso me quedo,
ao vislumbrar um Sol tímido,
logo de início, ao princípio,
que, envergonhado, se esconde,
num repente, quando foge,
sem ruído, sem gemido,
afundado num precipício,
de chuvadas, ventanias,
intempéries, mudanças bruscas,
mudando tempos que buscas,
enganando perspectivas,
augúrios, fantasias,
escritos já preparados,
sem sentido, de trocados,
decididamente… anda tudo ao contrário,
tal como, o reles salafrário!!!...

… aquele imbecil, consciência pesada,
com mortes e mortes às costas,
de carteira recheada,
posicionado lá nas alturas,
mediante padecimentos, agruras,
sofrimentos infligidos, sem pena,
a terceiros desvalidos,
esmagados, bem sofridos,
despedaçados, num ápice,
por inteligentes cavernosas,
destruidoras incomensuráveis,
à distância dum botão,
carregado por um louco, como opção,
líder duma só Nação,
sem alma, nem coração,
nódoa que incendeia o Mundo,
conduzindo-nos bem para o fundo,
aplaudido por estafermos,
disfarçados, sempre os mesmos,
que, quando falam, congeminam,
ludibriam, determinam,
com sorrisinhos amarelos,
suas grandezas, seus destinos,
seus ódios, seus descaminhos,
dizendo-se o que não são,
numa tremenda contradição,
fazendo todo o contrário,
como eficazes que são,
almas sujas de… salafrário!!!...

… não compreendo o tempo, as pessoas,
a harmonia planetária, agora… parafernália,
as que se mostram cordiais, boas,
criminosas de mãos limpas,
espécie de monstros, alimárias,
subtis, enganadoras,
tão excelsas, controversas,
detentoras de Poderes, de haveres,
democratas, democratizantes,
quando matam, quando destroem,
quando desdizem, o que fizeram,
como entenderam, como quiseram,
donos do absurdo, do tétrico,
estragando o bonito, o estético,
alterando estações, como a Primavera,
que se aguardava… que se espera,
numa voragem avassaladora,
como Deuses da guerra, insensíveis,
destruidores, bem afastados… invisíveis,
nódoas ferozes, algozes,
quando se… contradizem!!!...

… como uma pancada numa bola,
uma tacada a preceito, com raiva desatada,
assim tratam tanta gente,
baixinha, sem proventos, pontos insignificantes,
ao alcance desses tratantes,
tão dependentes duma esmola,
duma bala que os carregue,
duma bomba que deflagre,
dum missíl que despegue,
duma guerra, dum ataque,
desses senhores do desvario,
da destruição concertada,
uma débil chama, um pavio,
uma coisinha de nada,
um simples começo, um princípio,
uma morte desejada,
uma matéria despedaçada,
milhares de seres, por um fio,
ao alcance de dejectos extravagantes,
todo o contrário do decente,
que se apaga, de repente,
por quereres, por ganâncias,
alçadas ao domínio, como gigantes,
irascíveis, degradantes,
bestas que se não enxergam,
que não quebram… não vergam!!!...

… tempos, gentes tão diferentes,
estranhas, frias, calculistas,
gélidos, sombrios, os dias,
futuros inquietantes, aberrantes,
egoísmos que crescem, avassalam,
que se adonam, que se não contentam,
que engolem, quando deglutem,
não se apenam,
quando se enfurecem,
envenenam,
enquanto destroem, matam,
nunca se fartam,
há vermes, que não são inermes,
andam ao contrário,
não entendem,
consideram o Mundo, como adversário,
quando exploram, quando mentem,
quando arruinam… não sentem!!!...
Sherpas!!!...

 

publicado por sherpas às 19:54
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. ... experimentação!!!...

. ... PIRATAS!!!...

. ... descalçar... as BOTAS...

. ... pérolas!!!...

. ... bocejo!!!...

. ... reprimenda!!!...

. ... heróis e... cavaleiro...

. ... se possível fosse!!!....

. ... TATE!!!...

. ... Caravaggio!!!...

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.favoritos

. ... antes que... a vida, ...

.links

.as minhas fotos

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds