Domingo, 22 de Fevereiro de 2015

… de lés… a lés!!!...

... cinzento carregado, quase escuro, o dia

que prometia,

pelo descanso, mais sossegado,

da semana, o mais desejado,

para quem trabalha,

quase igual para um reformado

estremunhado,

DSC06085

 

 

claridade que o alerta,

abre a janela

que o desperta,

corre a persiana, encontra a rua,

quase vazia, sem gente, tão nua,

 

depara com verde dos contentores,

mesmo de frente,

saco indiferente,

cor indefinida, repleto de roupa,

de quem tem muita, deita fora,

não poupa,

ali, no chão, ali à mão,

DSC06940

 

 

e... passa gente,

pé ante pé, como quem sente,

saco de vida, quase vazia,

manhã tão fria,

numa cor preta carregada,

emigrante desempregado,

descendente talvez,

primeira, segunda geração,

mais um irmão,

assim se fez,

já naturalizado,

desocupado,

DSC06109

 

 

falho de algo, de muita coisa,

sem obra, tarefa que não tem,

ainda se mantém,

aproximando do seu sustento,

desgraça que busca,

não luta, não barafusta,

intento na sobra,

porque não cobra,

 

ganhos tão parcos,

bastantes mais, desideratos,

insustentável situação,

humilhação,

DSC05732

 

 

num giro, numa pedincha, numa oração,

encontro fortuito,

conformado, sem grito,

sem raiva, sem esmola,

olhando a preceito,

revolvendo conteúdo, com saco na mão,

compras, em vão, noutra ocasião,

DSC06788

 

 

dando-lhe o jeito,

experimentando, por cima do que tinha vestido,

calças, blusas, sapatos,

uma perfeição,

acondicionando, satisfeito,

sem satisfação,

DSC05782

 

 

degradante situação,

agarrando saco de fatiota,

ali à porta,

mesmo de frente,

coisinha pouca, amostra de gente,

virou recipiente verde,

naquela manhã cinzenta carregada,

tão sem nada,

tão sem nada,

DSC05774

 

 

indo ao fundo, tirando,

fazendo uma espécie de compras sem dinheiro,

que impressão,

desprometeu o dia que... parecia,

num domingo sem gente, ali em frente,

num contentor,

saca vazia, pouca gente,

buscando nas sobras,

trabalhador das obras,

 

DSC05710

 

roupas, alimentos,

tão normal neste País que não sente,

esta atitude, esta gente,

inusual, inconformado,

abismal, desajustado,

lágrima me vem,

humilhado também,

 

ainda ontem, no para lamento,

do alto do seu convencimento,

assoberbado por palavras dum Presidente

que se não sentia em PECADO,

dizia que não, economia um “must”

quanta discussão,

quanta vergonha no momento,

por palavras "avulsas" da oposição,

recalcitrante me sinto,

não minto,

tal como alto dignitário arrependido,

entristecido,

DSC06791

 

 

hipócrita situação de quem não sente,

quanta e quanta gente,

cantinas sociais, banco alimentar,

caridade de espantar,

 

um viandar por cantos e recantos, fundos tão fundos,

recipientes dos excedentes,

tão verdes, escuros, sombrios, sacos de cor indefinida,

fazendo pela vida,

romarias sem festa,

compenetrados, tão mudos,

sisudos até,

ali ao pé,

DSC06789

 

 

na rua que é minha, que é tua,

nas sobras que encontram, ajustam, vestem,

levam para casa, comem,

dão de comer,

indiferentes... podem crer!!!... Sherpas!!!...

 

publicado por sherpas às 12:36
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.posts recentes

. ... sabores!!!...

. ... experimentação!!!...

. ... PIRATAS!!!...

. ... descalçar... as BOTAS...

. ... pérolas!!!...

. ... bocejo!!!...

. ... reprimenda!!!...

. ... heróis e... cavaleiro...

. ... se possível fosse!!!....

. ... TATE!!!...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.favoritos

. ... antes que... a vida, ...

.links

.as minhas fotos

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds